Heijunka

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Heijunka ou nivelamento da produção é um conceito relacionado a programação da produção, e um programa nivelado é obtido pelo sequenciamento dos pedidos. O Heijunka converte a instabilidade da demanda dos clientes em um nivelado e previsível processo de manufatura, e é geralmente usado em combinação com outras técnicas lean de produção para estabilizar o fluxo de valor. É o principal conceito que ajuda a trazer estabilidade para o processo de manufatura.


Heijunka é a criação de uma programação nivelada através do seqüenciamento de pedidos em um padrão repetitivo e do nivelamento das variações diárias de todos os pedidos para corresponder à demanda no longo prazo. Dito de outra maneira, heijunka é o nivelamento das quantidades e tipos de produtos. A programação da produção através do heijunka permite a combinação de itens diferentes de forma a garantir um fluxo contínuo de produção, nivelando também a demanda dos recursos de produção. O heijunka, da forma como é utilizado na Toyota, permite a produção em pequenos lotes e a minimização dos inventários. Este sistema origina uma subdivisão de lotes mesmo que seja possível uma produção com a união deles e faz com que o volume de produção se mantenha (Galgano, 2003, p. 113). As suas vantagens são (Galgano, 2003, p. 116-117, p.120):

  • uma maior rapidez na satisfação da procura dos clientes;
  • diminuição de stocks;
  • menor ocupação dos armazéns;
  • permite fabricar ao mesmo tempo grandes quantidades de produtos diferentes.

O Heijunka foi aprimorado pela [[1]] em meados do século XX, tornando-se um dos pilares do Lean Manufacturing (ou simplesmente "lean". No Brasil, o Lean Institute Brasil, instituto de pesquisa sem fins lucrativos com missão de disseminar as práticas lean, atua no treinamento de pessoas para a utilização das ferramentas lean, incluindo a prática do Heijunka que tem como principais objetivos o nivelamento da produção e redução de custos.

como funciona: http://isoflex.com.br/blog/nivelamento-da-producao/


Referência[editar | editar código-fonte]

  • GALGANO, Alberto - Las tres revoluciones. Caza del desperdicio: Doblar la productividad con la "LEAN Production". Madrid: Ediciones Díaz de Santos, 2004. ISBN 978-84-7978-604-5


Ver também[editar | editar código-fonte]