Heinrich Hössli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Heinrich Hössli

Heinrich Hössli (Glarona, 6 de agosto de 1784Winterthur, 24 de dezembro de 1864) foi um chapeleiro, decorador e escritor suíço. É autor do livro Eros - Die Männerliebe der Griechen, uma das primeira obras publicadas a defender o amor entre homens.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Eros. Die Männerliebe der Griechen, ihre Beziehungen zur Geschichte, Erziehung, Literatur und Gesetzgebung aller Zeiten (trad. 'Eros. O amor homossexual dos gregos, suas relações com a história, a educação, a literatura, e as legislações de todos os tempos'.) (2 volumes, 1836 e 1838).
  • Hexenprozeß- und Glauben, Pfaffen und Teufel (trad. 'Processo legal de bruxas e da fé, de religiosos e do diabo'. (1892).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligação externa[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • ALDRICH, Robert; WOTHERSPOON, Garry. Who's Who in Gay and Lesbian History: From Antiquity to World War II. Routledge, 2002. ISBN 0415159830
  • ELLIS, Havelock. Studies in the Psychology of Sex: Sexual Inversion. BiblioBazaar, LLC, 2007. ISBN 1426472765
  • HAGGERTY, Haggerty. Gay histories and cultures: an encyclopedia. Taylor & Francis, 2000. ISBN 0815318804
  • VERSTRAETE, Beert C.; PROVENCAL, Vernon. Same-sex desire and love in Greco-Roman antiquity and in the classical tradition of the West. Routledge, 2006. ISBN 1560236043
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.