Heitor dos Prazeres

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Heitor dos Prazer
Informação geral
Nome completo Heitor dos Prazeres
Também conhecido(a) como Mano Heitor
Mestre Heitor dos Prazeres
Nascimento 23 de setembro de 1898
Local de nascimento Rio de Janeiro
 Brasil
Data de morte 4 de outubro de 1966 (68 anos)
Local de morte Rio de Janeiro
Gênero(s) Samba, choro, marchinha
Ocupação(ões) Cantor
Instrumento(s) Cavaquinho, clarinete
Período em atividade 19201966
Outras ocupações compositor, pintor

Heitor dos Prazeres (Rio de Janeiro, 23 de setembro de 1898 — Rio de Janeiro, 4 de outubro de 1966) foi um compositor, cantor e pintor autodidata brasileiro.

Primeira Linha
Composição de Heitor dos Prazeres. Gravação de 1930 por Benedito Lacerda e grupo Gente do Morro.

Problemas para escutar este arquivo? Veja introdução à mídia.

Heitor começou a trabalhar cedo, na oficina do pai, marceneiro. Dominava o clarinete e o cavaquinho, e seus sambas e marchinhas alcançaram projeção nacional. Um dos pioneiros do samba carioca, Heitor compôs seu maior sucesso, Pierrô Apaixonado, em parceria com Noel Rosa. Nos anos 20, Heitor dos Prazeres foi um dos fundadores da escola de samba que mais tarde chamou-se GRES Portela, primeira vencedora num concurso entre escolas em 1929, com sua composição Não Adianta Chorar. Heitor dos Prazeres adotou a pintura como hábito após a morte da esposa. Nas artes plásticas, Heitor dos Prazeres teve seu trabalho reconhecido no Brasil e no exterior, com obras presentes em numerosas exposições.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 1954 - Cosme e Damião/Iemanjá (Columbia)
  • 1955 - Pai Benedito/Santa Bárbara (Columbia)
  • 1955 - Vamos brincar no terreiro/Nego véio (Sinter)
  • 1957 - Heitor dos Prazeres e sua gente (Sinter)
  • 1957 - Nada de rock rock/Eta seu Mano! (Todamerica)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]