Hela (Marvel Comics)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hela
Hela por Doug Braithwaite.png
Arte de Doug Braithwaite
Espécie Divindade
Criado por Stan Lee e Jack Kirby
Primeira aparição Journey into Mystery# 102 (Março de 1964)
Projecto Banda desenhada  · Portal Marvel Comics

Hela é um personagem fictício, a deusa asgardiana da morte no Universo Marvel, baseada na personagem da mitologia nórdica. Senhora de Hel e Niffleheim, é uma tenaz inimiga de Thor e apareceu pela primeira vez em Journey into Mystery# 102 e foi adaptada dos mitos nórdicos por Stan Lee e Jack Kirby.

Biografia do personagem[editar | editar código-fonte]

Hela nasceu em Jotunheim, lar dos gigantes de gelo. Segundo a lenda, ela é filha de Loki, o deus da trapaça, e da gigante Angurboda. Quando atingiu a maioridade, Odin nomeou-a Deusa da Morte, dando-lhe domínio sobre os mortos nos reinos de Hel e Niffleheim.

Hela muitas vezes tentou expandir seu poder sobre os mortos que habitam no Valhalla. Essas tentativas, muitas vezes puseram-na em conflito com Odin e Thor. Uma vez ela apareceu diante de Thor quando ele estava à beira da morte, após enfrentar o Destruidor, que derrubou um edifício sobre ele enquanto o campeão de Midgard estava enfraquecido.[1] No entanto, ela falhou em seu intento de adentrar em Valhalla, apesar de ter visualizado alguns de seus habitantes.[2]

Mais tarde, ela roubou um especto do sono da alma de Odin, enquanto ele estava no Mar da Noite Eterna entregando-o a Loki, criando a entidade Infinito,[3] a qual Hela liberou sobre o universo. Infinito assumiu o controle de Odin.[4] Hela matou Thor,[5] mas ao fazê-lo foi morta por Odin para salvar Thor, mas depois foi ressuscitada pelo soberano de Asgard após este ser convencido pelo filho a restaurar o equilíbrio natural da vida e da morte. Hela matou Thor, mas restaurou-lhe a vida após a oferta de Sif para morrer em lugar de seu amado.[6]

Hela lutou contra Plutão pelo direito de reclamar a alma de Odin, que havia sido morto por Mangog.[7] Como resultado, Hela restaura a vida de Odin para evitar novas investidas de Plutão.[8] Algum tempo depois, Hela confronta Thor [9] e Odin.[10] Ela, então, conspira com Loki para trazer o Ragnarok matando o deus Balder e em seguida, atacando o reino eterno. Ela convocou o espírito de Volla antes deste contar a Loki sobre o Ragnarok. [11]

Hela, em seguida, convocou as as Valquírias para ajudar em uma guerra contra Ollerus, enquanto Hela encontrou os Defensores.[12] Hela foi então forçada a participar de uma conspiração de Loki e Tyr contra Odin [13] aliando-se a outros arautos da morte. Como resultado, foi destruída e devorada juntamente com outros deuses da Morte por Demogorge, o Devorador de Deuses, mas teve a vida restaurada com a derrota deste.[14]

Aliada depois a Malekith, Hela aprisionou as almas dos mortais da Terra em Hel usando uma comida especial da fada.[15] Em seguida, ela apareceu em Asgard para reclamar a alma de Odin, sendo rechaçada por Thor.[16] Ela encontrou os X-Men e Novos Mutantes em Asgard ao exigir a alma de Wolverine, mas foi repelida pelos X-Men e Danielle Moonstar.[17] Hel foi então invadido por Thor, Balder, o Executor, e os Einherjar para resgatar as almas cativas dos mortais e tal atitude resultou num confronto entre Thor e Hela,[18] que conjurou um exército de mortos para impedir que Thor fugisse de Hel.[19]

Aviltada pela invasão de Thor ao seu reino, Hela lançou sobre ele a maldição da vida eterna ao mesmo tempo que tornou seus ossos frágeis e quebradiços, deixando-o incapaz de morrer não importando a extensão dos ferimentos.[20] Por conta da gana em capturar a alma de Thor ela confrontou Mefisto.[21] Com a ajuda de Tony Stark e dos anões ferreiros de Asgard, Thor havia criado uma armadura especial para manter seu corpo coeso, até que em um novo confronto Hela revogou a maldição temendo o estrago que o Destruidor, possuído secretamente por Thor, causaria em Hel sendo que os ossos de Thor foram pulverizados numa batalha anterior que matou Jormungand, a serpente do mundo, forçando Hela a restaurar o corpo, a vida e a saúde de Thor numa tentativa de separá-lo do Destruidor. [22]

Periodicamente, Odin entra em um sono mágico a fim de recompor os seus poderes. Foi durante um desses períodos de repouso que a mesma urdiu um plano ao corromper as Valquírias fisica e mentalmente, transformando-as em demônios de fogo, sina que atingiu também Danielle Moonstar, dos Novos Mutantes, que estava na Terra na época.[23] Dani e sua equipe acabaram por ser trazidos para Asgard e aliaram-se aos anões contra o ataque das Valquírias, sendo que os Novos Mutantes combateram os servos de Hela com tenacidade a ponto de resgatar Hrimhari, um príncipe-lobo de uma terra distante.[24] Hela forçou o anões Eitri a forjar uma espada uru. Logo o grupo estava ombreado com os Três Guerreiros e as forças de resistência. Enquanto isso Hela envia Danielle "Miragem" Moonstar para matar o adormecido Odin. Enquanto a maioria dos soldados lutou contra as forças de Hela, os mutantes salvaram Odin e frustraram os planos de Hela, que foi derrotada quando a espada uru foi destruída. [25] Em que pese o fato de ter suplantado Hela, Danielle Moonstar requisitou-lhe o auxílio para derrotar Ares[26] e atendeu ao chamado de Hela para combater Norman Osborn[27] durante o Cerco a Asgard.[28]

Em sua ambição por capturar espíritos poderosos Hela levou ao seu reino seres como o Hulk e Agamenon, o líder do Panteão, os quais conquistaram a liberdade à força e deixaram Hel apesar da relutância de sua soberana.

Hela reuniu-se com Mefisto, Coração Negro, Satannish e Dormammu para tratar da perturbação criada pela recém-ressuscitada Illyana Rasputin, que ambiciona possuir a espada espiritual e o amuleto Bloodstone, porém o encontro foi interrompido pela súbita aparição de Witchfire, filha de Belasco, que revela ser a atual dona do amuleto e promete tomar o lugar de seu pai como governante do Limbo e ocupar seu assento à mesa. [29]

Depois que Amatsu-Mikaboshi usou os pesadelos dos mortos para destruir as mentes de todos os mortais dos heróis da Terra durante a Guerra do Caos Hela comparece diante de Plutão no submundo para adverti-lo da gravidade da situação e a ele se alia em uma tentativa desesperada e aparentemente inútil para repelir o ataque maciço em seus domínios.[30]

Poderes e habilidades[editar | editar código-fonte]

Hela possui os atributos próprios dos asgardianos: força sobre-humana, velocidade, resistência, agilidade e durabilidade. Quando veste o manto, Hela tem super força e resistência como todos os asgardianos, mas ela é muito mais forte que a grande maioria de sua raça, perdendo somente a Odin e Thor. Seu envelhecimento acontece muito mais lentamente do que os seres humanos e é imune a todas as doenças terrestres e venenos possuindo alguma resistência à magia.

Hela tem vastos poderes místicos que pode usar para vários efeitos, como a projeção astral, sem limites, mantendo muitos dos seus poderes e habilidades, disparo mortal de energia a partir de suas mãos, levitação, e criação de ilusões. Sua habilidade mais poderosa é a Mão Gloriosa, técnica que usa a energia mística para aumentar a força de seu soco tornando-o capaz de destruir um adamantiun.

Como uma Deusa da Morte, Hela tem um pacto com a Morte, permitindo-lhe tomar a alma de qualquer adorador de asgardianos e levá-la para Hel ou Niffleheim, bem como poder para viajar quase a qualquer lugar dentro dos Nove Mundos em um instante. Embora seu toque seja fatal para mortais e ela seja capaz de roubar-lhe as almas, ela geralmente não reclama as almas dos heróis mortais, deixando essa tarefa para as Valquírias, que levam-nas para Valhalla. Hela geralmente se dispõe a esperar até que uma pessoa morra antes de reivindicar sua alma, mas ela pode matar um humano saudável com o seu "toque mortal". Hela também possui a capacidade de restaurar um humano morto à vida desde que o seu espírito não tenha cruzado o rio dos mortos, mas ela raramente usa tal dom.

Hela sempre usa sua capa mágica que aumenta sua força e mantém a sua aparência jovem e saudável, mas sem o adorno sua forma é revertida ao que realmente é: metade do seu corpo é saudável, enquanto o lado esquerdo é ressequido. Sem o manto Hela é muito fraca, mal consegue se mover e não é capaz de levitar ou usar seus dons místicos, mas é necessário dizer que Hela não precisa vestir o manto, basta tocá-lo para devolver-lhe o vigor.

Hela muitas vezes empunha sua "Nightsword" e é uma espadachim proficiente.

Hela pode comandar todos os mortos que habitam em Hel e Niffleheim, mas não tem poder sobre os mortos em Valhalla.

Referências

  1. Thor# 150
  2. Thor# 154
  3. Thor#. 177
  4. Thor# 184
  5. Thor# 186
  6. Thor# 189-190
  7. Thor# 199
  8. Thor# 201
  9. Thor# 251
  10. Thor# 274
  11. Thor# 277-278
  12. # 66-68
  13. Thor# 312 - 314
  14. ThorAnual #. 10
  15. Thor# 345
  16. Thor# 354
  17. Anual X-Men # 9
  18. Thor# 361
  19. Thor# 362
  20. Thor «# 373
  21. Mephisto'# 4
  22. Thor# 382
  23. New Mutants # 77-78
  24. New Mutants # 79
  25. New Mutants # 80, 82-85
  26. Dark Avengers # 8
  27. Novos Mutantes. "Vol. 3 # 11
  28. Thor# 601
  29. .X-Infernus# 1
  30. Caos War # 2

Ligações externas[editar | editar código-fonte]