Helen Sharman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Helen Patricia Sharman (30 de maio de 1963, Sheffield, Inglaterra) foi a primeira cidadã do Reino Unido a ir ao espaço.

Helen, casada e com uma filha, trabalhava como química na iniciativa privada quando respondeu a um convite de uma rádio inglesa, que convocava britânicos comuns a uma missão no espaço. A missão chamava-se Projeto Juno e era uma iniciativa conjunta do governo da União Soviética e de um grupo de empresas inglesas para colocar um inglês no espaço, fato até então inédito. Em 25 de novembro de 1989, ela foi escolhida entre treze mil candidatos de todo Reino Unido para o treinamento de cosmonauta.

Após passar dezoito meses em treinamento na Cidade das Estrelas, Helen Sharman subiu ao espaço em 18 de maio de 1991 na missão Soyuz TM-12, junto com os cosmonautas soviéticos Anatoly Artebartsky e Sergei Krikalev, para passar uma semana na estação orbital Mir. Na base, suas tarefas incluíram testes médicos e agrícolas, fotos das Ilhas Britânicas e uma conversa por radio-amador com crianças de escolas da Grã-Bretanha.

Seu vôo pioneiro lhe concedeu um OBE em 1993. Helen hoje trabalha como locutora de rádio e continua sendo o único cidadão da Reino Unido a ter ido ao espaço.

Veja também[editar | editar código-fonte]