Helge Rode

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Helge Rode foi um escritor dinamarquês, nascido em Copenhaga a 16 de Outubro de 1870 e falecido em Frederiksborg a 23 de Março de 1937.

Ligado de início ao grupo simbolista liderado por J. Jørgensen, a influência da sua produção lírica (centrada em temas como a solidão, a experiência mística e a morte) chega até à geração poética existencialista ulerior à II Guerra Mundial.

Nos seus ensaios opôs as suas concepções panteistas e neo-romãnticas, ao intelectualismo e positivismo em voga.


Obras principais[editar | editar código-fonte]

  • Flores Brancas (1892)
  • Ariel (1914)
  • A Rosa Silvestre (1931)