Heliópolis (Belford Roxo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Heliópolis
—  Bairro do Brasil  —
Distrito nenhum
Município Belford Roxo Brasao-belfordroxo.jpg
População
 - Total 17 000
Limites Andrade de Araújo, Areia Branca, Piam, Itaipu, Xavantes, Shangri-la
Subprefeitura Areia Branca
Fonte: Não disponível

Heliópolis é um bairro do município de Belford Roxo, no estado do Rio de Janeiro, no Brasil.

Topônimo[editar | editar código-fonte]

"Heliópolis" é uma palavra com origem na língua grega, significando "cidade do sol", pela junção de hélios (sol)[1] e pólis (cidade)[2] .

História[editar | editar código-fonte]

Durante o século XIX, foi uma das paradas da antiga estrada de ferro Rio D'Ouro, construída por Paulo de Frontin.

Atualidade[editar | editar código-fonte]

O bairro possui, hoje, cerca de 30 000 habitantes. A maior parte da população é de classe média baixa. Compreende uma agremiação esportiva que há anos mas parece um clube privado, atualmente, disputa as competições de futebol do Rio de Janeiro: o Heliópolis Atlético Clube. Heliópolis conta com quatro grandes mercados: Multi Market, Maçã Verde, Bom Preço e Rede Carioca, al de farto comercio. O bairro é um dos mais famosos da Baixada Fluminense, . Abriga uma das maiores empresas de ônibus do Rio de Janeiro, a Viação Vera Cruz.

Conta com agências dos bancos Itaú e Bradesco. Apelidada de "Zona Sul Belfordroxense", o bairro é carinhosamente chamado assim por ser um importante bairro do município. Infelizmente o poder público é ausente. Heliópolis é o bairro com os melhores bares e restaurantes da região. Abriga a mais famosa praça do município, a Praça Caio Viana Martins, mais conhecida como "Praça de Heliópolis". Heliópolis abriga uma das mais importantes Paroquias Catolica da região, pertence a Diocese de Nova Iguaçu. Abriga tambem a 1º Igreja Batista em Heliópolis, igreja esta fundada em 1953.

Possui uma grande instituição filantrópica de ensino chamada Lar Escola São Judas Tadeu fundada em 1952, dirigida pelas Freiras da Congregação Nossa Senhora da Visitação que com um incansável trabalho vem se mantendo como um colégio filantrópico de Heliópolis, sem nenhuma ajuda Governamental e mesmo assim vai seguindo com o amor e a colaboração dos profissionais capacitados, que aplicam uma educação avançada com qualidade levada a serio, com muito repeito para com todos os pais e os alunos.

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 885.
  2. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 1 354.

Ver também[editar | editar código-fonte]