Hellboy II: The Golden Army

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde janeiro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Hellboy II: The Golden Army
Hellboy II: O Braço Dourado (PT)
Hellboy II: O Exército Dourado (BR)
 Estados Unidos
2008 • cor • 120 min 
Direção Guillermo del Toro
Roteiro Guillermo del Toro
Mike Mignola
Elenco Ron Perlman
Selma Blair
Doug Jones
Jeffrey Tambor
Luke Goss
Anna Walton
Seth MacFarlane
Brian Steele
John Hurt
Género fantasia
aventura
Idioma inglês
Lançamento Brasil 5 de setembro de 2008
Cronologia
Último
Último
Hellboy (2004)
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

Hellboy II: The Golden Army (no Brasil, Hellboy II: O Exército Dourado; Em Portugal, Hellboy II: O Braço Dourado) é um filme americano lançado em 2008, baseado no personagem homônimo da Dark Horse Comics. O filme foi dirigido por Guillermo del Toro, é a sequência do filme Hellboy, voltando como ator principal Ron Perlman. O filme foi lançado em 11 de julho de 2008, pela Universal Studios.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em 1955, o pequeno Hellboy ouve uma história narrada pelo seu pai adotivo, o Professor Trevor Broom (John Hurt) sobre como, há muitos e muitos anos atrás, os seres humanos entraram em guerra com os seres mágicos com quem dividiam o planeta. Cansado de batalhas, o rei dos elfos, Balor, permitiu aos Duendes, que queriam vingança pela morte de amigos, a construção de um exército dourado de soldados mecânicos, todos controlados por uma coroa mágica de ouro. Porém, o Exército Dourado era invencível e não parava até que todos os inimigos estivessem mortos.

Envergonhado, o rei Balor decidiu estabelecer uma trégua com os seres humanos, que aceitaram. Eles ficariam com as cidades e os seres mágicos ficariam com as florestas. Para selar a paz, Balor dividiu a coroa dourada em três pedaços, um para os humanos e dois para os seus filhos, o Príncipe Nuada e a Princesa Nuala. Porém, Nuada não confiava nos humanos e preferiu partir em um exílio auto-imposto, jurando retornar quando o seu povo mais precisasse do seu auxílio.

Hoje, Nuada e um Troll chamado Sr. Wink invadem a Casa de Leilões Blackwood, roubando o pedaço da coroa dourada pertencente aos humanos, que violaram a trégua e avançaram pelas florestas. Como vingança, eles libertam um enxame de Fadas do Dente (criaturas que se alimentam de cálcio e tem preferência pela arcada dentária, justificando o nome) na Casa de Leilões. O Bureau de Pesquisa e Defesa Paranormal é acionado e o diretor Tom Manning envia Hellboy (Ron Perlman), Abe Sapien (Doug Jones) e Liz Sherman (Selma Blair) para investigar.

Eles são atacados pelas Fadas do Dente e, durante a luta, Hellboy "acidentalmente" cai da janela e é visto pela população, revelando ao mundo a existência do BPDP. Além disso, Abe descobre que Liz está grávida de Hellboy. Paralelamente, o Príncipe Nuada confronta o rei Balor, que vive ao lado dos outros elfos nos subterrâneos, e rouba o pedaço da coroa dourada originalmente destinado a ele, matando o próprio pai no processo. Nuala, horrorizada, decide fugir antes que o seu irmão possa detê-la e recuperar o último pedaço, pertencente a ela.

Irritados com a revelação da existência de Hellboy, os líderes do BPDP em Washington enviam um novo agente para monitorizá-lo: o Dr. Johann Krauss, um fantasma ectoplásmico de origem alemã num traje de contenção. Capaz de utilizar teleplastia para controlar objetos orgânicos ou artificiais, vivos ou mortos, Krauss descobre que Nuada comprou as fadas no Mercado Troll localizado debaixo da Ponte do Brooklyn e ruma para lá com Hellboy e Abe.

O trio engana um Fragglewump, que lhes revela a entrada do Mercado, onde Abe vê a princesa e identifica o Selo real que ela possui, seguindo-a até uma loja de mapas onde um ser chamado Cabeça-de-Catedral lhe proporciona um mapa até a ilha de Bethmoora na Escócia, onde o Exército Dourado foi contido após o fim da guerra. Os dois são atacados pelo Sr. Wink, mas Hellboy interfere e mata o monstro.

Nuada surge e serve-se de uma semente mágica para dar vida ao último Elemental da Terra, um enorme monstro vegetal que Hellboy confronta no meio da cidade. Ele é obrigado a matá-lo para salvar as pessoas, que, em seguida se manifestam contra ele e o culpam pela destruição, fazendo-o culpar-se por se ter revelado ao mundo.

Nuala é acolhida pelo BPDP. Ela e Abe acabam por apaixonar. No entanto, Nuada identifica o lugar onde ela está através de uma conexão psíquica que eles partilham, mas é incapaz de localizar o pedaço. Ele porém rouba o mapa e fere mortalmente Hellboy com uma lança mágica, insinuando que a única forma de salvar Nuala é entregando-lhe o pedaço da coroa.

Hellboy, Liz, Abe e Krauss dirigem-se para Bethmoora, usando uma cópia do mapa e encontram o Anjo da Morte, que lhes oferece a chance de salvar Hellboy, mas informando Liz que isso significa que ele um dia irá destruir o mundo. Liz concorda com os termos da entidade, que revive Hellboy. O quarteto então confronta Nuada, que recebe de um desesperado Abe o pedaço final da Coroa e revive o Exército Dourado.

Após um acirrado confronto, Hellboy desafia Nuada a um duelo formal pela posse da coroa e Nuada é forçado pelo encanto da coroa a aceitar. Eles lutam e Hellboy vence, destruindo a coroa, mas Nuada tenta matá-lo e Nuala é forçada a cometer suicídio para impedir o irmão, morrendo nos braços de Abe.

Do lado de fora, os quatro confrontam Manning, que se havia anteriormente recusado a ajudar Hellboy, que se demite ao lado de Abe e Liz. Após todos partirem, ela conta a ele que está grávida de gêmeos.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

81º Academy Awards (Oscar 2009)*

3º Scream Academy Awards - 2009)

  • Melhor Filme de Fantasia
  • Melhor Ator de Filme de Fantasia - Ron Perlman (indicado)
  • Mutilação Memorável - Ataque das Fadas dos Dentes (indicado)
  • Melhor Ator Coadjuvante - Doug Jones (indicado)
  • Melhor Super-herói - Ron Perlman como Hellboy (indicado)
  • Melhor Melhor Filme de Cinema (indicado)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]