Heloísa Seixas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Heloisa Seixas (Rio de Janeiro, 26 de julho de 1952) é uma escritora e tradutora brasileira. Formada em jornalismo pela Universidade Federal Fluminense, Heloisa trabalhou como jornalista na agência de notícias UPI e depois na assessoria de imprensa da ONU. Em 1995 estreou como escritora, ao lançar um livro de contos chamado Pente de Vênus: histórias do amor assombrado. Um ano mais tarde, a Record lançou seu primeiro romance, A porta. Desde então, Heloisa Seixas tem escrito romances, contos e novelas, além de uma peça chamada Era no tempo do rei. Além disso, Heloisa mantém uma coluna na revista Seleções intitulada Essência de Heloisa.

Heloisa Seixas é casada com o também escritor Ruy Castro.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Pente de Vênus: histórias do amor assombrado (contos) - 1995
  • A porta (romance) - 1996
  • Diário de Perséfone (romance) - 1998
  • Através do vidro (novela) - 2001
  • Contos mínimos (contos) - 2001
  • Pérolas absolutas (romance) - 2003
  • Sete vidas: sete contos mínimos de gatos (contos) - 2003
  • Histórias de Bicho Feio (infantil) - 2006
  • Frenesi: história de duplo terror (contos) - 2006
  • O lugar escuro (romance) - 2007

Coletâneas e outros[editar | editar código-fonte]

  • Depois: sete histórias de horror e terror (contos) - 1998
  • Dentro de um livro: contos (contos) - 2005
  • As obras-primas que poucos leram - vol.1 e 2 (crítica) - 2005
  • As obras primas que poucos leram - vols. 3 e 4 (crítica) - 2006

Ligações externas[editar | editar código-fonte]