Henrique de Gales

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2010). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Harry
Príncipe do Reino Unido
Nome completo
Henrique Carlos Alberto Davi
Casa Windsor
Pai Carlos, Príncipe de Gales
Mãe Diana, Princesa de Gales
Nascimento 15 de setembro de 1984 (30 anos)
Hospital de St. Mary, Londres, Reino Unido
Religião Anglicanismo

Henrique de Gales (Londres, 15 de setembro de 1984), também conhecido como Príncipe Harry, é o filho mais novo de Carlos, Príncipe de Gales, e sua primeira esposa Diana, Princesa de Gales. Seus avós paternos são a rainha Isabel II do Reino Unido e o príncipe Filipe, Duque de Edimburgo. Ele é o quarto na linha de sucessão ao trono britânico atrás de seu pai, seu irmão Guilherme, Duque de Cambridge, e seu sobrinho Jorge de Cambridge.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascimento[editar | editar código-fonte]

Família real britânica
Casa de Windsor
Badge of the House of Windsor.svg

A Rainha
Filipe, Duque de Edimburgo


Harry nasceu no dia 15 de Setembro de 1984 no Hospital de St. Mary, Paddington, em Londres. Seu pai é Carlos, Príncipe de Gales, filho mais velho da rainha Isabel II do Reino Unido. Sua mãe é a falecida Diana, Princesa de Gales, ex-mulher do príncipe de Gales, que morreu em 1997 e descendente de casas reais e de famílias nobres europeias. Seu irmão mais velho é Guilherme, Duque de Cambridge. Havia rumores, na época do nascimento de Harry que seu pai, Carlos, queria uma menina que e ficou muito desapontado quando soube que o bebê era do sexo masculino. Biógrafos concordam que o casamento já estava decadente, e que após o nascimento do segundo filho, só tendeu a piorar.

Educação[editar | editar código-fonte]

Harry estudou numa escola em West London, a mesma de William. Ele acompanhou o irmão na escola Wetherby e depois estudou em Ludgrove School, em Berkshire. Depois disso, entrou no prestigiado Eton College. Em Junho de 2003, completou os estudos em Eton com altas notas em artes e geografia. Na escola, praticou seus espodesportos preferidos: pólo e rugby. Também participou nos conceituados Jogos Eton Wall.

Morte de Diana, princesa de Gales[editar | editar código-fonte]

Em 31 de Agosto de 1997, Diana, Princesa de Gales sofreu um trágico acidente de carro e morreu em Paris com o seu namorado, Dodi Al-Fayed, e o motorista Henri Paul. Charles foi quem acordou os príncipe Harry e William, para lhes comunicar a morte de Diana, no Castelo de Balmoral. No funeral, o príncipe Harry, seu irmão, seu pai, seu avô paterno e seu tio materno caminharam atrás do caixão de Diana, do Palácio de Buckingham até a Abadia de Westminster. Tanto Harry como Guilherme têm sido vistos poucas vezes junto aos membros da família de Diana, que prometeram que iriam proteger os príncipes para sempre.

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Maus comportamentos[editar | editar código-fonte]

Em Janeiro de 2002, foi revelado que o príncipe havia admitido que fumava maconha e de que tinha bebedeiras constantes, a possibilidade de ele ser punido criminalmente foi grande no verão de 2001.[carece de fontes?]

Uma investigação da polícia apontou o seu mau comportamento e seu pai, Carlos, achou melhor tomar conta da situação levando Harry a instituições de reabilitação de drogados em Londres. [carece de fontes?]

O porão de Highgrove House é apontado como possível clube privado onde Harry e seus amigos se divertiam sem os holofotes dos tabloides.[carece de fontes?]

Foram divulgadas, em 2012, fotos numa festa particular em Las Vegas, nas quais o príncipe se encontrava nu.[1]

Roupa Nazi[editar | editar código-fonte]

Em Janeiro de 2005, Harry foi a uma festa, cujo tema era "Colónias e Nativos".

Escolhendo não usar um traje de referência britânica, Harry apareceu usando uma jaqueta militar com a bandeira da Alemanha no braço. Quando retirou a jaqueta, ficou à mostra uma faixa no braço em vermelho com uma suástica.

Príncipe Harry desculpou-se com uma carta a dizer que "sentia muito se tinha causado qualquer ofensa" pela "pobre escolha" que havia feito.

Serviço Militar[editar | editar código-fonte]

Príncipe Harry vestindo as suas medalhas, 9 de maio de 2013.

Combatente no Afeganistão[editar | editar código-fonte]

O príncipe Harry esteve durante dois meses no Afeganistão a combater os talibãs, informou o Ministério da Defesa do Reino Unido. O príncipe pertencente ao regimento Household Cavalry, esteve em segredo nos últimos dois meses na província de Helmand, onde se encontra a grande maioria das tropas britânicas.

A notícia tornou-se do conhecimento público após um site norte-americano quebrar o embargo que pesava sobre esta informação.

Harry já manifestou o seu desejo de combater no Iraque, ainda que o Ministério da Defesa já tenha tomado a decisão de não o enviar por razões de segurança. O alto comandante assinalou que a conduta do príncipe foi exemplar e que esteve completamente envolvido nas operações, correndo os mesmos riscos que qualquer outro militar do seu batalhão.

Medalha de honra pelo serviço militar[editar | editar código-fonte]

No dia 5 de Maio de 2008, o príncipe Harry, segundo-tenente Henrique Gales, para efeitos militares, recebeu, juntamente com os outros 159 membros do seu regimento de cavalaria, uma medalha pelo seu serviço militar no Afeganistão.

A cerimônia de entrega decorreu em Windsor e o então o quarto na linha de sucessão ao trono britânico recebeu o prêmio das mãos da tia Ana, Princesa Real. Após o ato, foi celebrada na igreja de Windsor, um serviço religioso em memória aos soldados da sua unidade, que foram mortos nos seis meses de serviço na província de Helmand.

Numa cerimônia militar, o príncipe prestou homenagem aos soldados ingleses mortos no Afeganistão, cerimônia que decorreu na manhã do dia 18 de junho de 2008 em Edimburgo, na Escócia.

Obras de caridade[editar | editar código-fonte]

O príncipe Harry, em 2006, fundou no reino do Lesoto uma ONG para crianças órfãs, continuando o trabalho da mãe, segundo o escritório de seu pai, o Príncipe Charles. Em homenagem a Lady Diana, a organização chama-se "Sentebale", que significa "Não se esqueça de mim" no idioma local.

Declaração do Príncipe Harry: "Eu gostaria de continuar o trabalho dela o melhor possível e não haveria lugar melhor", afirmando que sua mãe se sentiria orgulhosa se pudesse ver a sua iniciativa.

Harry fez a sua quarta viagem ao reino do Lesoto para assistir à fundação da ONG. Ele encontrou-se com a amiga Mutsu Potsane, uma menina de seis anos que conheceu há dois anos no próprio orfanato. O príncipe Harry é co-fundador da Sentebale, ao lado do Príncipe Seeiso, do Lesoto, irmão mais novo do Rei Letsie III, também órfão de mãe desde 2003.[2]

Títulos, honras e armas[editar | editar código-fonte]

Henrique de Gales
Monograma do príncipe Henrique.
Monograma do príncipe Henrique.
Brasão de armas do príncipe Henrique
Brasão de armas do príncipe Henrique

Como um príncipe britânico, Harry não tem sobrenome, mas, como os outros homens netos da rainha Isabel II, ele usa o nome da área em que o seu pai detém título, ou seja, País de Gales (como as princesas Beatriz de Iorque e Eugénia de Iorque utilizam Iorque, devido ao seu pai, André, Duque de Iorque). Em últimos precedentes é que tais sobrenomes são deixados de usar na vida adulta, usando só o título, ou Mountbatten-Windsor, que é utilizado quando necessário.

Títulos militares[editar | editar código-fonte]

  • Flag of the British Army.svg 13 de abril de 2006 - 13 de abril de 2008: Coronel (Segundo Tenente), The Blues and Royals.
  • Flag of the British Army.svg 13 de abril de 2008 - presente: Tenente, The Blues and Royals.

Honras[editar | editar código-fonte]

Nomeações militares honorárias[editar | editar código-fonte]

Flag of the United Kingdom.svg Reino Unido.

  • Ensign of the Royal Air Force.svg Comandante de Ar da RAF Wittering.
  • Ensign of the Royal Air Force.svg Comandante de Ar da RAF Honington.
  • Naval Ensign of the United Kingdom.svg Comandante-chefe dos Pequenos Navios e Mergulho da Royal Navy.
  • Flag of Canada.svg Canadá.
  • Canadian Rangers.

Ascendência[editar | editar código-fonte]


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Categoria no Commons

Notas


Precedido por
Príncipe Jorge de Cambridge
Linha de sucessão ao trono britânico
Sucedido por
André, Duque de Iorque