Henry Pellatt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Henry Pellatt

Sir Henry Mill Pellatt (6 de Janeiro de 1859, em Kingston, Ontário, Canadá - 8 de Março de 1939) foi um bem conhecido financista e soldado canadense.

Foi educado em Upper Canada College, antes de estudar na Universidade de Toronto. Talvez Pellatt seja mais conhecido por ter sido o proprietário de Casa Loma, uma mansão com aparência de castelo que se tornou, por algum tempo, a maior residência da América do Norte.

Sir Henry começou sua carreira de negócios como um acionista da firma Pellatt and Pellatt, de seu pai. Em 1882, ele casou-se com Mary Dodgson, que se tornaria Lady Pellatt quando seu marido foi feito cavaleiro em 1905 por seu serviço no regimento de milícia Queen's Own Rifles. Ele tinha três irmãs e dois irmãos, Fred Pellatt (avô do escritor independente John Pellatt) e Mill Pelatt. O último foi o funcionário encarregado de pagamentos da companhia de luz elétrica de Toronto, um emprego que Sir Henry tinha obtido.

Grande parte de sua fortuna foi adquirida através de investimentos em hidrelétricas e em linhas ferroviárias do Canadá. O alto custo das manuntenções para manter Casa Loma, juntamente com a Grande depressão, levaram-no a ter problemas financeiros. A cidade tomou conta de seus negócios relacionados às hidrelétricas, enquanto que seu negócios de aviões foi tomado pelos esforços de guerra durante a Primeira Guerra Mundial. Combinadas, essas dificuldades levaram Pellatt à falência e causaram o abandono de Casa Loma.