Henry Rawlinson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Setembro de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Henry Rawlinson.
Maj.Gen. Sir Henry Creswicke Rawlinson

Sir Henry Creswicke Rawlinson (11 de abril de 1810, Chadlington, Oxfordshire, Inglaterra5 de março de 1895, Londres) foi um soldado e orientalista britânico.

De 1826 a 1833 serviu no exército da Companhia anglo-indiana, tendo sido mandado a Pérsia, onde trabalhou na reorganização do exército do . Exerceu o cargo de agente político da Inglaterra em Kandahar (1840) e na Arábia (1843) e em 1844 foi nomeado cônsul-geral em Bagdad.

Deve-se a Rawlinson a decifração da inscrição de Behistun, a qual copiou com risco de morte, pendurando-se no penhasco. Foi um dos pioneiros na decifração dos caracteres cuneiformes, tendo sido o primeiro a ensinar o seu carater polifōnico.

Regressou a Inglaterra em 1856; foi nomeado membro do Parlamento e do conselho das Índias, recebendo em 1859 o posto de general-de-divisão. Partiu para Teeran como embaixador, onde ficou um ano. De volta a Londres, foi reeleito para o Parlamento (1865-1868).

Pode ser considerado, juntamente com Oppert e Hincks, um dos fundadores da assiriologia.