Hercolubus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Hercólubus é um suposto planeta, descrito pelo autor Joaquín Amortegui Valbuena (conhecido pelo pseudônimo de V. M. Rabolú), em seu livro Hercolubus or Red Planet. Segundo ele, esse planeta estaria se aproximado perigosamente da Terra, como no passado, quando teria destruído Atlântida, que no caso era a Pequena Atlântida da qual Noé seria um dos sobreviventes - sendo que seu pai se chamava Lamec e seria o bisavô do bíblico Nemrod. Outras passagens mais antigas o relacionariam ainda à submersão de um antigo continente chamado Lemúria e a Grande Atlântida. Seu nome seria oriundo dos antigos sumérios que o chamavam de Ekolubus.[1]

Rabolu alega que Hercolubus se aproximará novamente da Terra e que a única forma da humanidade se salvar do cataclismo seria a eliminação dos defeitos psicológicos e a projeção astral consciente. Rabolú também faz analogia com a Bíblia, na qual supostamente há várias passagens narrando sobre este planeta, como no Apocalipse 8:11: "E o nome da estrela era Absinto, e a terça parte das águas tornou-se em absinto, e muitos homens morreram das águas, porque se tornaram amargas."

Alguns julgam que Hercolubus seria a estrela Barnard, enquanto outros negam essa possibilidade alegando que tal estrela estaria a uma distância é de 5,98 ± 0.003 anos luz da Terra, e que deveria estar viajando a uma velocidade de 16 mil quilômetros por segundo (uma fração apreciável da velocidade da luz) para atingir a Terra em menos de um século (mais aproximadamente menos de cinco anos). Apesar de estar se aproximando da Terra, a estrela de Barnard vai estar em seu ponto mais próximo do Sol aproximadamente no ano 11.700, quando estará a cerca de 3,8 anos-luz.[2] Esta distância é só um pouquinho menor que a distância da estrela mais próxima do Sol, Proxima Centauri, se encontra hoje. Segundo alguns autores é o planeta mais externo do Sistema Solar, tendo uma órbita aproximada de 6.666 anos terrestre, aproximadamente 6x o tamanho de Jupter.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. VM Rabolu. Hercolubus or Red Planet (home). A Prats. Página visitada em 2010-02-02.
  2. García-Sánchez, J.; et al.. (2001). "Stellar encounters with the solar system". Astronomy & Astrophysics 379: 642. Bibcode2001A%26A...379..634G.