Herman Cain

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Herman Cain by Gage Skidmore.jpg
Presidente do Federal Reserv no Kansas
Mandato 1995-1996
Vice-Presidente do Federal Reserv no Kansas
Mandato 1992-1994
Vida
Nascimento 13 de dezembro de 1945 (68 anos)
Memphis, Tennesee
Nacionalidade Estados Unidos Americano
Dados pessoais
Esposa Gloria Cain (1968-atualmente)
Partido Partido Republicano
Religião Batista
Profissão Empresário
Locutor de rádio
Colunista

Herman Cain (Memphis, 13 de dezembro de 1945) é um empresário, colunista e locutor de rádio da Georgia. Foi pré-candidato na eleição presidencial dos Estados Unidos de 2012. Ele é ex-presidente e CEO da Godfather's Pizza, além de ex-presidente (1995-1996) e vice-presidente (1992-1994) do Conselho de Administração da Reserva Federal do Kansas.
Antes de sua carreira de negócios, ele trabalhou como matemático em balística como funcionário civil da Marinha dos Estados Unidos.
Vive nos subúrbios de Atlanta, onde ele também serve como um ministro adjunto da Igreja Batista do Norte.

Herman Cain chegou a liderar pesquisas entre os candidatos a presidente pelo Partido Republicano. Durante o processo de escolha do candidato republicano, uma pesquisa mostrou Cain com 25,5% dos votos, seguido por Mitt Romney com 23%, e o governador do Texas Rick Perry que marcou 11% dos votos.[1]

Desistiu de concorrer à presidência em 3 de dezembro de 2011.[2]

Candidatura pelo partido Republicano à Presidência dos Estados Unidos[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2011, Cain anunciou que tinha formado um comitê eleitoral para uma campanha de potencial para a eleição presidencial republicana em 2012 e em 21 de maio Cain anunciou oficialmente sua candidatura. Cain não tem experiência política anterior e ficou bem para trás do ex-governador de Massachusetts Mitt Romney. Apesar disso nas prévias em meados de outubro sua candidatura estava ganhando força.
Sua candidatura incluiu entre suas propostas uma defesa nacional forte, a oposição ao aborto, a extinção do imposto de renda pela sua substituição por um imposto sobre vendas e o retorno ao padrão-ouro.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Sites Oficiais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Perry esquece nome de ministério em debate republicano nos EUA G1 (10 de novembro de 2011). Página visitada em 10 de novembro de 2011.
  2. Oliphant, James (3 de dezembro, 2011). Herman Cain drops out of presidential race Los Angeles Times.. Página visitada em 3 de dezembro, 2011.
  3. Klauber Cristofen Pires (26 de maio de 2011). Tea Party: "o nosso é melhor que o deles" (em português) Mídia Sem Máscara. Página visitada em 13 de outubro de 2011.