Hermano Ernesto IV de Hohenlohe-Langenburg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hermano Ernesto IV de Hohenlohe-Langenburg
Príncipe de Hohenlohe-Langenburg
Príncipe de Hohenlohe-Langenburg
Período 21 de Abril de 1860 - 3 de Setembro de 1913
Predecessor Carlos Luís II de Hohenlohe-Langenburg
Sucessor Ernesto II de Hohenlohe-Langenburg
Cônjuge Leopoldina de Baden
Descendência
Ernesto II de Hohenlohe-Langenburg
Elisa de Hohenlohe-Langenburg
Feodora de Hohenlohe-Langenburg
Pai Ernesto I de Hohenlohe-Langenburg
Mãe Feodora de Leiningen
Nascimento 31 de Agosto de 1832
Langenburg, Alemanha
Morte 9 de março de 1913 (80 anos)
Langenburg, Alemanha

Hermano Ernesto IV de Hohenlohe-Langenburg (Hermano Ernesto Francisco Bernardo), (31 de agosto de 1832 - 9 de março de 1913), foi um nobre alemão e sobrinho da rainha Vitória do Reino Unido.

Família[editar | editar código-fonte]

Hermano era o terceiro filho do príncipe Ernesto I de Hohenlohe-Langenburg e da princesa Feodora de Leiningen. Os seus avós paternos eram o príncipe Carlos Luís I de Hohenlohe-Langenburg e a condessa Amália de Solms-Baruth. Os seus avós maternos eram Emich Carlos, 2° Príncipe de Leiningen e a princesa Vitória de Saxe-Coburgo-Saalfeld. Após a morte do seu avô materno, a sua avó voltou a casar-se, desta vez com o príncipe Eduardo, duque de Kent, filho do rei Jorge III do Reino Unido. Desta união nasceu a futura rainha Vitória do Reino Unido, sua tia, visto ser meia-irmã da sua mãe, o que o tornava muito próximo em parentesco da família real britânica.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Hermano era general de cavalaria no exército prussiano. Sucedeu ao título de príncipe de Hohenlohe-Langenburg no dia 21 de abril de 1860, quando o seu irmão mais velho, Carlos II, abdicou. Morreu a 9 de março de 1913 em Langenburg, Baden-Württemberg, Alemanha.

Casamento e Descendência[editar | editar código-fonte]

Hermano casou-se no dia 24 de setembro de 1862 com a princesa Leopoldina de Baden em Karlsruhe. O casal teve três filhos:

Referências