Herodião de Patras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Santo Herodião de Patras
Erasto, Olimpas, Rodião, Sosípatro, Quarto e Tércio.
ca. 985, no Menológio de Basílio II.
Mártir; bispo de Patras
Nascimento  ? em Tarso?
Morte ca. 68 d.C. em Roma
Veneração por Toda cristandade
Festa litúrgica 4 de janeiro, 8 de abril e 10 de novembro na Igreja Ortodoxa
Gloriole.svg Portal dos Santos

Herodião de Patras (em grego: Ἡρωδίων, Ἡρωδιανός, Ῥοδίων), também chamado de Herodiano ou Rodião, é um dos Setenta Discípulos. Ele era um parente de Paulo de Tarso e um bispo de Neopatras (Patras?), onde ele sofreu muito. Após surrá-lo, apedrejá-lo e esfaqueá-lo, seus executores o deixaram como morto, mas ele se levantou e continuou a servir os apóstolos.

Herodião aparece no Novo Testamento em «Saudai a Herodião, meu compatriota.» (Romanos 16:11) (em latim: Salutate Herodionem cognatum meum.).

Ele foi decapitado com Olimpas em Roma, onde estava servindo junto à Pedro, no mesmo dia em que o apóstolo foi crucificado.

Fonte[editar | editar código-fonte]

Assim como diversos outros santos, Herodião teve sua vida contada no livro Prólogo de Ohrid, de São Nikolai Velimirovic.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um santo, um beato ou um religioso é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.