Heroes of Might and Magic III

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Heroes of Might and Magic 3
Desenvolvedora New World Computing
Loki Software (Linux)
Publicadora(s) The 3DO Company
Loki Software (Linux)
Designer Gregory Fulton
Jon Van Caneghem
Compositor(es) Paul Romero
Plataforma(s) Windows, Macintosh, Linux, Game Boy Color, Dreamcast (Cancelado)
Série Heroes of Might and Magic
Data(s) de lançamento Windows
Mac
Linux
Gênero(s) Estratégia por turnos
Modos de jogo Single-player, Multiplayer
Classificação Inadequado para menores de 6 anos i ESRB (América do Norte)
Média 1 CD-ROM
Requisitos mínimos Windows: 133 MHz CPU, 32 MB RAM, DirectX 6.0, 2 MB DirectX-compatível, 4x CD-ROM drive, 200 MB em HD, Windows 95 ou equivalente
Mac: PowerPC 603e / 180 MHz Power Macintosh, 64 MB RAM, 4x CD-ROM drive, Mac OS 8.1 ou equivalente
Linux: 133 MHz Pentium ou PowerPC CPU, 32 MB RAM,, 4x CD-ROM drive, 150 MB disponivel na HD, Linux 2.2.x, XFree86 3.3 ou equivalente
Controles Teclado e Mouse
Hardware
Versão 1.4
1.3.1a (Linux)

Heroes of Might and Magic III (também conhecido como Heroes 3 ou HoMM III) é um jogo eletrônico de estratégia baseado em turnos desenvolvido pela New World Computing para Microsoft Windows e lançado pela 3DO Company em 1999. É o terceiro jogo da série Heroes of Might and Magic.

O jogo recebeu três pacotes de expansão: Heroes of Might and Magic III: Armageddon's Blade, Heroes of Might and Magic III: The Shadow of Death e Heroes Chronicles, além de expansão não-oficial feita por fãs intitulada Heroes of Might and Magic III: In the Wake of Gods. É considerao por muito fans como o melhor jogo da série.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

A jogabilidade consiste na exploração estratégica do mapa e fazer táticas para combate. Tal como acontece com a série em geral, o jogador controla uma série de heróis que agem como generais e tropas de comando que inclui vários tipos de criaturas inspirada por mitos e lendas. O jogador pode completar ou "ganhar" um mapa, completando os objetivos definidos pelo criador do mapa. Objetivos podem incluir a conquista de todas as cidades no mapa, a recolha de uma quantidade definida de recursos, ou montar um quebra-cabeça para encontrar o artefato Graal. Se um jogador perde todos os seus heróis e cidades, ele perde o jogo.

Existem dois níveis no mapa - a superfície e o subsolo. Há tipicamente passagens subterrâneas que levam ao subsolo. Os mapas são preenchidos com uma enorme variedade de edifícios, tesouros, monstros, minas e assim por diante, que oferecem recompensa por exploração extensiva (recursos, ouro e novos castelos, por exemplo). Um jogador deve localizar minas e marcá-las (sendo que elas fornecem recursos diariamente), uma vez que esses recursos são necessários para o desenvolvimento das cidades. O jogador deve também desenvolver habilidades de seus heróis, lutando contra criaturas e heróis inimigos pela aquisição de artefatos ou visitando locais especiais. Por exemplo, o "Witch Hut", que pode dar ao herói uma habilidade aleatória, e a "Learning Stone", que oferece mil pontos de experiência.

Ao evoluir, é dado aos heróis uma escolha de habilidade, bem como tornar-se melhor em um dos atributos. As habilidades devem ser escolhidas com cuidado, uma vez que eles são permanentes e apenas um número limitado de habilidades podem ser aprendidas. Os exemplos de habilidades incluem um bônus de dano para todas as unidades de tiro com arco no comando do herói, a capacidade de caminhar ainda mais através do mapa ou especializando-se em uma escola elementar de magia para realizar os feitiços muito mais eficazmente.

As cidades do jogador tem funções diversas, mas o mais importante é que elas permitem o recrutamento de criaturas para formar exércitos. Cidades também fornecem fundos, novas magias e um local seguro para fazer uma última cartada contra um herói inimigo invasor. Para construir novas estruturas dentro de uma cidade utiliza-se ouro e, geralmente, exige um ou mais tipos de recurso. Madeira e minérios são necessários para a maioria das estruturas, mas edifícios mais caros exigem também recursos raros (mercúrio, cristais, pedras preciosas ou enxofre). Todas as facções exigem uma quantidade desproporcional de apenas um desses recursos especiais, tornando a aquisição de uma mina essencial. Este mesmo recurso também é necessário na contratação de criaturas mais poderosas. Cada facção tem também um punhado de estruturas únicas disponíveis somente para eles.

Se um jogador encontra o artefato Graal, pode levá-lo a uma cidade para fazer essa cidade sede permanente do Graal, criando uma estrutura especial. O Graal aumenta em 50% a produção semanal dos exércitos e aumenta rendimentos, além de um bônus exclusivo para cada tipo de cidade, como o Skyship na cidade Tower, que revela o mapa do mundo inteiro e adiciona 15 pontos de conhecimento a heróis que estão defendendo o castelo em caso de cerco.

História[editar | editar código-fonte]

A história do jogo se desenvolve através de uma série de sete campanhas, tudo em cima do continente Antagarich. Durante as campanhas, a história é contada a partir alternando pontos de vista, dando aos jogadores a oportunidade de jogar com vários heróis e castelos diferentes.

Após o desaparecimento do rei Roland Ironfist de Enroth antes de Might and Magic VI: The Mandate of Heaven, sua esposa, a rainha Catherine é deixada para governar o reino. Entretanto, seu pai, o rei Gryphonheart, é assassinado. Sem o seu amado Rei, o reino de Erathia cai para as forças obscuras de Nighon e Eeofol. A rainha Catherine volta para casa e Antagarich na tentativa de reanimar o povo de sua terra natal e levá-los contra o mal que tem devastado a sua nação.

A capital de Erathia, Steadwick é saqueada pelos senhores do mundo subterrâneo de Nighon e os Kreegans de Eeofol. Enquanto isso, as nações da Tatalia e Krewlod estão em guerra na fronteira ocidental, aproveitando a oportunidade para expandir seu território. A primeira tarefa de Catherine é estabelecer uma posição no reino conquistado com a ajuda de aliados. Os magos de Bracada e os elfos de Avlee respondem a seu chamado e, juntos, eles marcham para Steadwick e, eventualmente, retomam a cidade rapidamente fechando a guerra de fronteira no oeste. Logo depois, Lúcifer Kreegan, um comandante dos exércitos Eeofol, envia um emissário para Erathia alegando que Roland Ironfist está em cativeiro nos seus territórios. Avlee invade Eeofol, mas não para salvar Roland, que é transportado para as suas explorações do norte. Posteriormente, Catherine invade Nighon, empurrando os exércitos das profundezas de volta à sua ilha natal.

Entretanto, os necromantes de Deyja, responsáveis pelo assassinato do rei Gryphonheart, planejam reviver seu corpo como um Lich. Eles pretendem usar a sua sabedoria na condução de seus próprios exércitos de mortos-vivos. No entanto, o rei Gryphonheart prova ser demais para os necromantes, mesmo em seu estado corrompido, e ele se torna um lich desonesto. Tendo pouco recurso em suas mãos, a rainha Catherine é obrigada a aliar-se com os necromantes e, juntos, eles partiram para destruir o agora Lich King of Gryphonheart antes que ele se torne muito poderoso.

Uma campanha final fica acessível apenas depois de as principais campanhas serem completadas, ela conta a história de separatistas que vivem nas terras em litígio, um lugar dilacerado pela guerra das fronteiras entre Erathia e Avlee. Cansado dos problemas que trazem instabilidade para seus países, eles se unem para lutar pela independência dos dois grandes reinos. É mais implícito que esta revolução foi orquestrada por Archibald Ironfist, o antagonista de Heroes of Might and Magic II.

Cidades[editar | editar código-fonte]

Há oito cidades diferentes disponíveis em Heroes III: três cidades do "bem" (Castle, Tower e Rampart), três do "mal" (Inferno, Dungeon, e Necropolis), e duas "neutras" (Fortaleza e Stronghold). Outra cidade neutra, o Conflux foi adicionada no pacote de expansão Armageddon's Blade. Cada cidade tem sete criaturas básicas, cada uma das quais podem ser atualizados para uma mais forte. Cada cidade também possui dois tipos de herói associados: um mais para combater, e um mais para a magia. Algumas cidades têm um favorecimento para luta ou magia.

O exército do "Castle" é composto por seres humanos, representados como soldados medievais tradicionais, completada pela adição de grifos mitológicos e anjos divinos. Os heróis são o cavaleiro(esse voltado a habilidades de combate) e o Clérigo(esse voltado a habilidades mágicas). O "Castle" pertence ao Reino de Erathia.

A "Tower" está associada com elementos misteriosos da fantasia, e os exércitos são compostos de feiticeiros e seres mágicos. Os heróis são o Alquimista(esse voltado a habilidades de combate) e o "Wizard"(esse voltado a habilidades mágicas). A "Tower" pertence ao Reino de Bracada.

O exército do Rampart é composto principalmente de animais da Mitologia germânica e mitologia greco-romana. A cidade Rampart é também anfitriã de dragões do"bem". Os heróis são o Ranger(esse voltado a habilidades de combate) e o druida(esse voltado a habilidades mágicas). O Rampart pertence ao Reino de Avlee.

O Inferno é construído em terra fumegante. Seu exército é composto por criaturas demoníacas, tais como demônios e diabos. Os heróis são o Demoniac(esse voltado a habilidades de combate) e o "Heretic"(esse voltado a habilidades mágicas). O Inferno pertence aos Kreegans do Reino de Eeofol.

O "Dungeon" é o lar das criaturas que vivem em cavernas subterrâneas, incluindo dragões do "mal". Os heróis são o Overlord(esse voltado a habilidades de combate) e o Warlock(esse voltado a habilidades mágicas). O "Dungeon" pertence ao Reino de Nighon.

O "Necropolis" é a cidade dos mortos-vivos inspirada no gênero de terror clássico. Os heróis são o "Death Knight"(esse voltado a habilidades de combate) e o Necromante(esse voltado a habilidades mágicas). O "Necropolis" pertence ao Reino de Deyja.

O "Stronghold" é composto com criaturas tribais associados a barbárie. Goblins e Ciclopes formam o exército. Os heróis são o Bárbaro(esse voltado a habilidades de combate) e o "Battle Mage"(esse voltado a habilidades mágicas). O "Stronghold" pertence ao Reino de Krewlod.

O "Fortress" foi construído em pântanos e é o lar de inúmeras criaturas reptilianas. Os heróis são o "Beastmaster"(esse voltado a habilidades de combate) e a "Witch"(esse voltado a habilidades mágicas). A Fortaleza pertence ao Reino de Tatalia.

As criaturas do Conflux(somente na expansão Armageddon's Blade) e heróis são principalmente elementais(Elementais da água, fogo, terra).Os Heróis são o Planeswalker(esse voltado a habilidades de combate) e o Elementalist(esse voltado a habilidades mágicas).

Há também muitas criaturas "neutras", ou seja, criaturas não associadas a qualquer tipo de cidade, que podem ser recrutados em edifícios especiais sobre o mapa do jogo.

Expansões[editar | editar código-fonte]

Dois pacotes de expansão oficiais foram lançados para o Heroes III. A primeira dessas expansões, Armageddon's Blade, apresenta uma nona cidade, o Conflux; um gerador de cenário, uma variedade de novas criaturas, heróis e estruturas, e seis novas campanhas jogáveis.

A segunda expansão, The Shadow of Death, foi uma expansão standalone, que incluiu Restoration of Erathia e acrescentou sete novas campanhas jogáveis e uma variedade de novos artefatos, e podendo combinar artefatos. A combinação de artefatos forma itens extremamente poderosos.

Uma terceira expansão não-oficial foi feita por fãs do jogo, intitulada Heroes of Might and Magic 3: In the Wake of Gods, foi lançado em 20 de novembro de 2001. Ele introduziu uma marca nova linguagem de script do jogo, aumentando o potencial para futuras modificações. Além disso, a versão adicionou uma grande variedade de novas criaturas e estruturas, alterações de equilíbrio, e várias novas campanhas. Heroes of Might and Magic 3: In the Wake of Gods|the Wake of Gods está disponível apenas para Windows.

Complete Edition[editar | editar código-fonte]

No ano 2000, um pacote contendo Heroes III e ambos os pacotes de expansão foi lançado comoHeroes III Complete Edition.

Ele foi lançado para Windows e Macintosh, e foi a primeira oportunidade para os jogadores do Macintosh para obter as duas expansões e do gerador de cenário. Esta versão utilizou métodos de proteção contra pirataria.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]