Herta Bothe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hertha Bothe
Nascimento 8 de janeiro de 1921
Teterow, Alemanha
Nacionalidade Flag of German Reich (1935–1945).svg alemã
Cargo guarda feminina de:
Ravensbrück
Bergen-Belsen
Serviço militar
Patente SS Aufseherin

Hertha Bothe (Teterow, 8 de janeiro de 1921[nota 1] [1] [2] ) foi um membro da SS que atuou como guarda nos campos de concentração nazistas de Ravensbrück e Bergen-Belsen. Ela foi acusada de crimes de guerra e contra a humanidade nos Julgamentos de Belsen em 1945.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Uma ex-empregada doméstica antes da guerra que juntou-se à SS,[3] em setembro de 1942, enquanto servia em Stutthof, campo próximo a Dantzig, na Polônia ocupada, ela recebeu o apelido de "A Sádica de Stutthof".[1] Em 21 de janeiro de 1945, ela supervisinou a "marcha da morte" de centenas de prisioneiras do centro da Polônia para o campo de concentração de Bergen-Belsen.[1] Por lá, ela atuou como supervisora e era considerada implacável pelos prisioneiros, com quem costumava bater com a coronha da sua arma. Em uma entrevista que foi ao ar em 2004,[nota 1] Bothe não lamentou o fato de ter servido na SS e acreditava que aquilo não foi um erro. Ela argumentou que se não tivesse se voluntariado para servir em um campo de concentração, ela mesma iria ter parado em um.[4]

Sentenciada a 10 anos de prisão, foi libertada em 22 de dezembro de 1951, em um ato de clemência do governo britânico.[5]

Notas

  1. a b O destino de Bothe é incerto. Algumas fontes afirmam que ela morreu em 16 de março de 2000 e outras que ainda estava viva em anos posteriores como 2005.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c First Belsen Trial Aufseherin Herta Bothe/Lange bergenbelsen.co.uk. Página visitada em 24/05/2013.
  2. Nazi She-Devils DailyMirror. Página visitada em 24/05/2013.
  3. 30 german guilty of camp murders The New York Times (17 de novembro de 1945). Página visitada em 25/05/2013.
  4. Dreykluft, Friederike. Holokaust [TV mini-series]. Alemanha: MPR Film und Fernsehproduktion.
  5. "Nazi women exposed as every bit as bad as Hitler's deranged male followers". Página acessada em 23 de fevereiro de 2012

Ligações externas[editar | editar código-fonte]