Hervé Villechaize

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Hervé Villechaize
Nome completo Hervé Jean-Pierre Villechaize
Nascimento 23 de Abril de 1943
Paris,  França
Nacionalidade Francês
Morte 4 de Setembro de 1993 (50 anos)
Los Angeles, Califórnia
 Estados Unidos
Ocupação Ator
Cônjuge Anne Sadowski (1970-1979) (divórcio) e
Camille Hagen (1980-1982) (divórcio)
IMDb: (inglês)

Hervé Jean-Pierre Villechaize (Paris, 23 de abril de 1943Los Angeles, 4 de setembro de 1993) foi um ator francês. Seu papel cinematográfico mais famoso foi no filme de James Bond em 007 Contra o Homem com a Pistola de Ouro, vivendo o capanga Nick Nack, um dos integrantes terroristas. Seu personagem era o capanga do vilão Francisco Scaramanga. Na televisão, ficou conhecido pelos personagem Tattoo do seriado A Ilha da Fantasia da série francesa Deux Oissons. O ator teve uma aparição rápida no fime Apertem os Cintos... o Piloto Sumiu 2!.

Apesar de ser parte fundamental no sucesso da série A Ilha da Fantasia, Villechaize foi demitido nos últimos anos do programa e mergulhou em um período de depressão e alcoolismo. Além de se envolver com álcool, ele teve problemas com seus órgãos internos que, apesar do corpo pequeno, tinham o tamanho dos órgãos de um ser humano de estatura normal. Com o passar dos anos, os órgãos foram se comprimindo no pequeno espaço torácico, fato que provocava dores insuportáveis no pequeno Hervé. Sábado, 4 de Setembro de 1993, Hervé escreveu um bilhete e gravou uma fita com uma mensagem de despedida e cometeu suicídio com um tiro no peito no fundo de sua casa, em Hollywood, aos 50 anos.

O Bilhete de Suicídio[editar | editar código-fonte]

Hervé Villechaize cometeu suicídio com um tiro em Hollywood (Los Angeles, Califórnia), 04 de setembro de 1993, 50 anos, seu bilhete chegou pouco antes do relatório em uma nota a explicar por que ele tinha chegado a esta situação trágica.

Transcrição da nota: 03 de Setembro de 1993

"Eu faço a coisa certa. A partir dos seis anos de idade, eu sabia que não havia lugar para mim. Quem poderia acreditar que não é meu melhor amigo ilegível chamar minha mãe para atender a Q's. Espero que ela não vai incomodar. Eu ainda estou vivo. Por favor, saibam que Katthy tem direito segundo as leis da minha saúde e meus pertences estão em Katthy incluindo os direitos de minhas obras, filmes e textos, etc. Eu também te amo, que é apenas um dos meus problemas. Mãe! Meus irmãos e você não existe em meu coração, você simplesmente não se importam, mas mesmo nunca, desde 1955, lembra? Katthy fez o melhor que podia. Você não. Então, ela merece tudo.

Isto vai por um pouco ... Eu não posso perder com uma bala dum dum - Ha! Ha! Ninguém sabia que a minha dor - 40 anos - ou mais. Eu tenho que fazer isso lá fora, dá menos problemas."

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.