Hetep-heres II

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Hetep-heres II foi uma rainha do Antigo Egipto da época da IV dinastia.

Era filha do rei Khufu (Quéops) e neta de Hetep-heres I e de Seneferu. Em relação à identidade da sua mãe, pensa-se que pode ter sido Meritates, uma das esposas de Khufu.

Na parte final do reinado de Khufu, Hetep-heres casou com o seu irmão ou meio-irmão, Kauab, o herdeiro de Khufu ao trono. Com ele teve pelo menos uma filha, Merensankh III. Contudo, Kauab faleceu antes de ascender ao poder, possivelmente assassinado pelo seu meio-irmão Djedefre, que tomou Hetep-heres como sua esposa secundária. Os dois tiveram talvez uma filha, Neferhetephés, que se pensa ser a mãe do primeiro rei da V dinastia, Userkaf.

Após a morte de Djedefre, Hetep-heres, então com pouco mais de trinta anos, voltou a casar com um príncipe chamado Ankhaf que exerceu funções de vizir. Entretanto, o seu meio-irmão Khafré (filho de Khufu com a rainha Henutsen) tornou-se o novo monarca, tendo casado com a sua sobrinha, Merensankh III, a filha de Hetep-heres.

Hetep-heres permaneceu pouco tempo casada com o seu novo marido, que faleceu ao fim de alguns anos. Após cerca de vinte e quatro anos de reinado, Khafré faleceu, tendo subido ao trono Miquerinos. A morte da sua filha Merensankh ocorreu pouco tempo depois. Revelador da afeição de Hetep-heres pela sua filha foi o facto desta ter mandado adaptar a sua mastaba em Guiza (Gizé) para Meresankh. Ofereceu-lhe igualmente o seu sarcófago de granito.

Hetep-heres morreu já no tempo de Chepseskaf, considerado como o último rei da IV dinastia. Foi sepultada numa mastaba simples, sem qualquer tipo de decoração.

Referências[editar | editar código-fonte]