Heurística de disponibilidade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Psicologia.

Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição.

A heurística de disponibilidade é um fenômeno (que pode resultar em um viés cognitivo) no qual as pessoas predizem a frequência de um evento, ou a proporção de um população, baseando-se no quão fácil conseguém lembrar de um exemplo.

Esse fênomeno foi primeiramente descrito pelos psicólogos Amos Tversky e Daniel Kahneman, que também identificaram a heurística de representatividade.

Introdução[editar | editar código-fonte]

A heurística funciona na noção 'se você consegue lembrar, deve ser importante'.

Ícone de esboço Este artigo sobre psicologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.