Heurelho da Silva Gomes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde janeiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Gomes
Gomes
Informações pessoais
Nome completo Heurelho da Silva Gomes
Data de nasc. 15 de Fevereiro de 1981 (33 anos),
Local de nasc. João Pinheiro, MG,  Brasil
Altura 1,95 m[1]
Destro
Informações profissionais
Clube atual Inglaterra Watford
Número 1
Posição Goleiro
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
2001–2004
2004–2008
2008–2014
2013
2014–
Brasil Cruzeiro
Países Baixos PSV Eindhoven
Inglaterra Tottenham Hotspur
Alemanha Hoffenheim (emp.)
Inglaterra Watford
0061 0000(0)
0129 0000(0)
0097 0000(0)
0009 0000(0)
0001 0000(0)
Seleção nacional3
2003–2004
2003–2011
Brasil Brasil sub-23
Brasil Brasil
0014 0000(0)
0011 0000(0)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 11 de Agosto de 2014.


3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 7 de Junho de 2011.

Heurelho da Silva Gomes, mais conhecido como Gomes (João Pinheiro, MG, 15 de fevereiro de 1981), é um futebolista brasileiro que atua como goleiro. Atualmente, joga pelo Watford[2] , da Inglaterra.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início da carreira[editar | editar código-fonte]

A infância pobre na cidade mineira de Três Marias não desanimou o pequeno Heurelho da Silva Gomes a iniciar carreira no futebol. Aos catorze anos, o jogador começou como centroavante em uma equipe local.

Na vizinha Sete Lagoas, em um torneio de futebol de areia, Gomes foi inscrito como goleiro, já que era a única posição em aberto na equipe, e dali não saiu mais. O jovem defensor, então com 17 anos, foi escolhido o melhor do campeonato, ganhando também a oportunidade de treinar na escolinha do Cruzeiro, uma das principais equipes do Estado.

Depois de um ano na escolinha, teve a chance de mostrar seu futebol pela primeira vez no Estadual de Minas Gerais. Primeiro na categoria juvenil, depois na Terceira Divisão, ambos com a camisa do Democrata de Sete Lagoas.

No final de 1998, Gomes saiu pela primeira vez do futebol mineiro para vestir as camisas do CRB de Alagoas e do Guarani de São Paulo. As passagens, porém, foram muito breves e, em 2000, o jogador alcançou a Toca da Raposa. No juvenil do Cruzeiro, o goleiro teve, pela primeira vez na carreira, estrutura para desenvolver sua técnica na posição.

Cruzeiro[editar | editar código-fonte]

Na Copa São Paulo de Juniores de 2002, foi reserva da equipe cruzeirense e, com o desempenho demonstrado nos treinamentos e jogos em que atuou, teve a oportunidade de chegar à equipe profissional. Primeiro como terceiro goleiro, mas com a estrutura de trabalhar em um time de ponta do futebol nacional.

Aos poucos, foi ganhando a confiança do então técnico Wanderlei Luxemburgo e, no final da temporada, ficou com a posição de titular após uma sequência ruim de outro defensor da equipe.

Depois de quatro jogos no posto, Gomes teve um problema no menisco que o deixou de fora por 25 dias. Mesmo assim, o técnico Luxemburgo deu cobertura ao defensor, que retornou ainda como o primeiro goleiro do time.

O ano de 2003 (nesse ano recebeu o apelido de "Homem-Elástico") foi o de consagração de Gomes pela equipe mineira. Com o time cruzeirense, o goleiro levantou a taça de campeão estadual, campeão brasileiro e da Copa do Brasil. Se tornou ídolo da torcida cruzeirense. A atuações renderam ao jogador a convocação para defender a Seleção Brasileira durante o Pré-Olímpico do Chile, no início de 2004.

Na nova temporada, começaram as especulações sobre interesse de clubes estrangeiros em seu futebol. O PSV Eindhoven, dos Países Baixos, foi o primeiro a aparecer com uma proposta na Toca da Raposa, mas os dirigentes cruzeirenses preferiram nem conversar em um primeiro momento.

Na última partida do Cruzeiro pela Copa Libertadores da América daquele ano, Gomes acabou sofrendo uma fratura no osso da mão. Críticos de futebol acreditavam que a contusão poderia atrapalhar o futuro do jogador.

PSV Eindhoven[editar | editar código-fonte]

Mas o problema não desanimou Gomes, que em dois meses estava recuperado e viu o Cruzeiro finalmente ceder e negociar seus direitos com o PSV, clube que montava elenco para a temporada europeia 2004/2005.

Nos Países Baixos, Gomes sofreu preconceito por ser brasileiro, país famoso por revelar bons atacantes e não jogadores de defesa. Mas mostrou em campo seu potencial e, aos poucos, foi conquistando a torcida da equipe e até mesmo as rivais.

Gomes é hoje um dos goleiros com maiores recordes do futebol neerlandês e ganhou espaço na Seleção Brasileira desde o início da Era Dunga, após o Mundial de 2006. Um dos maiores sonhos do jogador era defender o Brasil durante a Copa do Mundo. O objetivo finalmente foi alcançado na Copa do Mundo de 2010.

Tottenham Hotspur[editar | editar código-fonte]

Gomes no Tottenham

Gomes se transferiu em 2008 para o Tottenham Hotspur da Inglaterra.

Hoffenheim[editar | editar código-fonte]

No começo de 2013 Gomes acertou com o Hoffenheim da Alemanha.[3] O Tottenham confirmou o empréstimo do goleiro Gomes ao TSG 1899 Hoffenheim, da Alemanha, até o final da temporada.[4] [5] Em 2 de Fevereiro, Gomes fez sua estréia com o Hoffenheim e venceu a partida por 2 a 1 contra o Freiburg.[6] Após a partida, o treinador do clube Marco Kurz elogiou Gomes:

Cquote1.svg Gomes tem mostrado um bom desempenho. Apesar de ter treinado apenas uma vez conosco, sua aura era forte. Cquote2.svg

Gomes fraturou a mão no dia 8 de abril de 2013, em uma partida contra o Fortuna Düsseldorf na vitória por 3 a 0.[7]

Watford[editar | editar código-fonte]

Foi anunciado em 24 de maio de 2014 como reforço para o Watford, com contrato por uma temporada, renovável por mais uma.[8]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Pela Seleção Brasileira, esteve nos elencos que conquistaram a Copa das Confederações em 2005 e 2009. No dia 11 de maio de 2010, Gomes foi oficialmente convocado para defender a seleção brasileira na Copa do Mundo de 2010.[9] [10]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Cruzeiro
PSV Eindhoven
Tottenham Hotspur
  • Football Legue Cup (vice-campeão) 2009
Seleção Brasileira

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Seleção Brasileira

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]