Hever Castle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Castelo de Hever
Hever Castle
Hever, Kent, Inglaterra, Reino Unido
Vista geral de Hever Castle.
Tipo Castelo
Construído 1270
Condição
atual
Intacto
Aberto ao
público
Sim
Controlado por Broadland Properties
Ocupantes Família Bolena
Ana de Cleves
Família Waldegrave
Edmund Meade-Waldo
William Waldorf Astor, 1.º Visconde Astor

Hever Castle é um palácio fortificado no Kent, Inglaterra (na aldeia de Hever). Foi a sede da família Bolena.

História[editar | editar código-fonte]

Originalmente era uma casa de quinta construída no século XIII e convertida numa mansão em 1462 por Geoffrey Bolena, que serviu como "Lord Mayor" de Londres. O resto da constração de madeira ainda se pode ver entre as paredes de pedra da fortificação.

Castelo e cottages.

Algum tempo depois, em 1505, a família Bolena mudou-se para Hever Castle vinda de Blickling Hall, com Ana Bolena (e os seus irmãos, Maria Bolena e George Bolena). Apesar de Ana provavelmente não ter nascido aqui, foi neste palácio que cresceu durante algum tempo até viajar para os Países Baixos e depois para a Corte de França para ser educada entre 1513 e 1521. Depois disso Ana casou com o Rei Henrique VIII de Inglaterra, vindo a ser executada, juntamente com o seu irmão George, em 1536. O pai, Thomas Bolena, faleceu em 1539, e a propriedade passou, então, para a posse de Henrique VIII, que a concedeu a Ana de Cleves quando se divorciou dela, em 1540. No entanto, Ana de Cleves passou, provavelmente, pouco tempo aqui.

Posteriormente, o edificio passou por vários donos, incluindo a família Waldegrave, em 1557, e a família Meade Waldo, entre 1749 e 1903. Durante este último período o castelo teve poucas obras de manutenção tendo sido danificado por vários arrendatários privados, até que foi adquirido e completamente restaurado pelo milionário norte-americano William Waldorf Astor, que o usou como residência de família. A propriedade é agora um centro de conferências, mas o castelo está aberto ao públicoe é particularmente bem conhecido pelos seus labirintos. A única parte original de Hever Castle é a magnífica portaria. No castelo existem também vários instrumentos de tortura.

Existe um labirinto de teixos, plantado em 1904, tal como uma adição mais recente, o labirinto de água, inaugurado em 1987.

O jardim é extenso e da mais alta qualidade, com uma larga variedade de estruturas, incluindo um jardim italianizado, roseirais e lago.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]