Hew Whiteford Dalrymple

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hew Whiteford Dalrymple
Vida
Nascimento 3 de dezembro de 1750
Escócia Ayr
Morte 9 de abril de 1830 (79 anos)
Inglaterra Londres
Serviço militar
Lealdade  Reino Unido
Serviço/ramo  Exército Britânico
Graduação General
Batalhas/guerras Guerra Peninsular

Sir Hew Whiteford Dalrymple, 1º Baronete, de High Mark, (3 de dezembro de 1750 - 9 de abril de 1830) foi um militar do Exército britânico, que alcançou o grau de general e ostentou o cargo de governador de Gibraltar.

Biografia[editar | editar código-fonte]

É recordado, principalmente, por negociar a Convenção de Sintra, durante a ocupação francesa de Portugal[1] .

Foi tenente governador da ilha de Guernsey entre 1796 e 1801 e governador de Gibraltar entre 1806 e 1808. Em 1815 foi nomeado Baronete, de High Mark no County of Wigtown (condado de Wigtown).

Viagens[editar | editar código-fonte]

Em 1774, estando destinado em Gibraltar com o posto de major, empreendeu uma viagem pela Espanha e Portugal. Dalrymple fez cuidadosas anotações, que logo publicou num livro de viagens, em forma de cartas, até um total de 16. A opinião de Dalrymple sobre os portugueses foram das mais duras vertidas por observadores estrangeiros na opinião das autoras da obra Lisboa setecentista.

Obra[editar | editar código-fonte]

A viagem do militar britânico foi publicada em Londres dois anos depois:

  • Travels through Spain and Portugal in 1774, with a short account of the Spanish Expedition against Algiers, in 1775. London. 1775.

Em 1783 foi publicada uma versão francesa.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • González Reboredo, X. M.: "A emigración galega e outros temas nun viaxeiro inglés do século XVIII", em Grial nº 39, xaneiro-febreiro-marzo 1973, págs. 74-81.
  • Santos, Piedade B.; Rodrigues, Teresa S.; Nogueira, Margarida S., Lisboa setecentista: vista por estrangeiros. Lisboa. Livros Horizonte. 1987.
  • García Mercadal, J., Viajes de extranjeros por España y Portugal. Madrid. Ed. Aguilar. 1962, t. III, pág. 645 e ss.
  • Alonso Montero, X., Galicia vista por los no gallegos. Madrid. Ed. Júcar. 1974.

Referências