Hialoclastite

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A hialoclastite é uma brecha hidratada tipo tufo rica em vidro vulcânico negro, formada durante erupções vulcânicas submarinas ou subglaciais. Tem a aparência de fragmentos planos angulares entre um milímetro e alguns centímetros de dimensão. A fragmentação ocorre por força da explosão vulcânica ou pelo choque térmico que ocorre durante o rápido arrefecimento.

São encontrados diversos materiais na hialoclastite. O sideromelano é um vidro basáltico que resulta do arrefecimento súbito em água. É transparente e puro, não possuíndo os cristais de óxidos de ferro dispersos noutra rocha mais comum, o taquilito. Uma camada amarelada de palagonite, formada através da reacção do sideromelano com a água, cobre normalmente fragmentos destes vidros.

Tergos de hialoclastite, formados durante as erupções subglaciais durante a Idade do Gelo, são uma característica proeminente da paisagem da Islândia e da Colômbia Britânica. É usualmente encontrada em vulcões subglaciais, tais como tuyas, que são um tipo de vulcão de encostas escarpadas e de topo plano, formado quando a lava é expelida através de uma camada espessa de gelo ou de um glaciar.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.