Hidehiko Yoshida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde agosto de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Hidehiko Yoshida
Judô
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Barcelona 1992 –78 kg
Campeonato Mundial
Ouro Birmingham 1999 –90 kg
Prata Hamilton 1993 –78 kg
Prata Chiba 1995 –86 kg
Bronze Barcelona 1991 –78 kg
Hidehiko Yoshida
Estatísticas
Altura 1,80 m
Peso 102 kg
Nacionalidade Japão japonesa
Data de nascimento 3 de setembro de 1969 (45 anos)
Cidade natal Obu, Aichi
Modalidade Judô
Faixa      6º dan Faixa Preta em Judô
Cartel no MMA
Total {{{Total}}}
Vitórias 9
    Por finalização 8
    Por decisão 1
Derrotas 8
Empate 1
Hidehiko Yoshida no Sherdog

Hidehiko Yoshida (em japonês: 吉田 秀彦, Yoshida Hidehiko; Obu, 3 de setembro de 1969) é um ex-lutador de artes marciais mistas e judoca japonês.

Yoshida foi campeão olímpico de judô nos Jogos de Barcelona em 1992. Se aposentou do judô após a derrota para o brasileiro Carlos Honorato. Na luta, Yoshida teve o braço quebrado com um uchi-mata aplicado pelo brasileiro.

No MMA, seu estilo era quase todo baseado no judô da Kodokan. Yoshida era um dos poucos lutadores a se apresentar para a luta vestindo o judogi.

No Pride, Yoshida enfrentou duas vezes o brasileiro Wanderlei Silva, em ambos os combates, o japonês foi derrotado na decisão dos juízes.

Outro famoso adversário brasileiro de Yoshida é Royce Gracie, um dos principais lutadores do clã dos Gracie, com quem lutou duas vezes. Na primeira luta (onde socos e pontapés eram inválidos), com ambos trajando judogi, Yoshida saiu vencedor após ter dito ao árbitro que Royce havia desmaiado, ao final da luta Royce Gracie foi aos juízes de mesa indignado e arrastou Hidehiko Yoshida até as cordas aos gritos de "You know" (Você sabe) se referindo ao fato de não estar desmaiado. A primeira luta acabou anulada, e na segunda luta (onde socos e pontapés eram válidos), o Royce entrou sem o kimono e o Yoshida lutou com o kimono. Nas regras so sairia vencedor aquele que finalizasse o adversário. Royce levou grande vantagem na luta, mas ao final foi considerado empate uma vez que nao aconteceu uma finalizaçao de nenhum dos lutadores.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]