Hidetaka Nishiyama

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde outubro de 2011)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde outubro de 2011).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Hidetaka Nishiyama.jpg

Hidetaka Nishiyama (西山英峻, Nishiyama Hidetaka?) (10 de outubro de 1928, Tokio, Japão - 7 de Novembro de 2008 (Los Angelos,USA) era um mestre de Karate Tradicional, 10º Dan e presidente da International Traditional Karate Federation.

Em 1943 começou a estudar com Gichin Funakoshi, pioneiro do caratê moderno e responsável pela escola Shotokan.

Em 1951, obtém o título de mestre em economia na universidade de Takushoku e torna-se um dos fundadores da Japan Karate Association (JKA), tendo sido convidado no ano seguinte a treinar as forças especiais Americanas do Strategic Air Command.

Em 1960 publica o livro Karate: The Art of Empty-Hand Fighting , que se encontra presentemente na sua 70ª edição (2000 cópias do edição) sendo considerado um clássico e o livro de Karate mais vendido da história.

Em julho de 1961 muda-se definitivamente para os Estados Unidos da América e funda a All American Karate Federation (AAKF).

A 3 de novembro de 2000, o imperador do Japão concedeu-lhe a Ordem do Tesouro Sagrado, numa cerimónia do palácio imperial, em Tóquio.

Continuava a ensinar Karate por todo o mundo, tendo o seu próprio dojo em Los Angeles, Califórnia. Era uma das mais respeitadas personalidades do mundo do Karate e continuava ainda hoje a sua luta pelo reconhecimento do Caratê Tradicional enquanto desporto olímpico.

Referências[editar | editar código-fonte]