Hidreto de berílio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hidreto de berílio
Alerta sobre risco à saúde
Beryllium-hydride-3D-balls.png
Identificadores
Número CAS 7787-52-2
PubChem 139073
ChemSpider 17215712
ChEBI 33787
SMILES
InChI InChI=1/Be.2H/rBeH2/h1H2
Propriedades
Fórmula molecular BeH2
Massa molar 11.03 g mol−1
Aparência sólido amorfo branco[1]
Densidade 0.65 g/cm3
Ponto de fusão

250 °C com decomp.[1]

Solubilidade em água decompõe-se
Compostos relacionados
Outros catiões/cátions hidreto de lítio, hidreto de cálcio, hidretos de boro
Compostos relacionados fluoreto de berílio
Excepto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições PTN

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Hidreto de berílio, BeH2, é um composto químico de berílio e hidrogênio usado como combustível de foguetes.[2] Ao contrário dos hidretos dos elementos mais pesados do grupo 2, o hidreto de berílio é covalente.[1] .

Síntese[editar | editar código-fonte]

BeH2 foi sintetizado pela primeira vez em 1951 fazeendo reagir dimetilberílio, Be(CH3)2, com hidreto de alumínio e lítio, LiAlH4.[3] Uma forma de obter hidreto de berílio mais puro é por pirólise de di-terc-butilberílio, Be(C(CH3)3)2 a 210 °C.[4]

O hidreto de berílio mais puro é obtido pela reação de trifenilfosfina, PPh3, com boro-hidreto de berílio, Be(BH4)2[1]  :

Be(BH4)2 + 2PPh3 → 2Ph3PBH3 + BeH2

Observe que, diferentemente dos outros elementos do grupo 2, em que o hidreto pode ser preparado pela reação direta entre os elementos, a reação do metal com hidrogênio para produzir hidreto de berílio não se mostra possível.[5]

Estrutura[editar | editar código-fonte]

BeH2 é geralmente formado como um sólido amorfo branco, mas uma forma cristalina hexagonal com uma maior densidade (~ 0,78 g/cm3) foi relatada,[6] preparada por aquecimento de BeH2 amorfo sob pressão, com 0,5-2,5% de LiH como catalisador.

Uma investigação mais recente descobriu que o hidreto de berílio cristalino tem célula unitária ortorrômbica de corpo centrado, contendo uma malha de tetraedros de BeH4 compartilhando seus vértices, em contraste com as cadeias planas infinitas, com ligações tricentradas com hidrogênio em ponte, como se pensava existirem no BeH2 cristalino.[7]

Estudos sobre a forma amorfa revelaram que também ela consiste de uma rede de tetraedros compartilhando vértices.[8]

Confirmou-se recentemente que o BeH2 molecular é linear com um comprimento da ligação Be-H de 133,376 pm.[9]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d Greenwood, Norman N.; Earnshaw, Alan. Chemistry of the Elements. 2nd ed. Oxford: Butterworth-Heinemann, 1997. ISBN 0080379419, p. 115
  2. Pradyot Patnaik. Handbook of Inorganic Chemicals. McGraw-Hill, 2002, ISBN 0070494398
  3. Glenn D. Barbaras, Clyde Dillard, A. E. Finholt, Thomas Wartik, K. E. Wilzbach, and H. I. Schlesinger. (1951). "The Preparation of the Hydrides of Zinc, Cadmium, Beryllium, Magnesium and Lithium by the Use of Lithium Aluminum Hydride". J. Am. Chem. Soc. 73 (10): 4585–4590. DOI:10.1021/ja01154a025.
  4. G. E. Coates and F. Glockling. (1954). "Di-tert.-butylberyllium and beryllium hydride". J. Chem. Soc.: 2526–2529. DOI:10.1039/JR9540002526.
  5. Egon Wiberg, Arnold Frederick Holleman (2001) Inorganic Chemistry, Elsevier ISBN 0123526515, p. 1048
  6. G. J. Brendel, E. M. Marlett, and L. M. Niebylski. (1978). "Crystalline beryllium hydride". Inorg. Chem. 17 (12): 3589–3592. DOI:10.1021/ic50190a051.
  7. Gordon S. Smith, Quintin C. Johnson, Deane K. Smith, D. E. Cox, Robert L. Snyder, Rong-Sheng Zhou and Allan Zalkin. (1988). "The crystal and molecular structure of beryllium hydride". Solid State Communications 67 (5): 491–494. DOI:10.1016/0038-1098(84)90168-6.
  8. Sujatha Sampath, Kristina M. Lantzky, Chris J. Benmore, Jörg Neuefeind, and Joan E. Siewenie. (2003). "Structural quantum isotope effects in amorphous beryllium hydride". J. Chem. Phys. 119 (23): 12499. DOI:10.1063/1.1626638.
  9. Peter F. Bernath, Alireza Shayesteh, Keith Tereszchuk, Reginald Colin. (2002). "The Vibration-Rotation Emission Spectrum of Free BeH2". Science 297 (5585): 1323–1324. DOI:10.1126/science.1074580. PMID 12193780.