Himénio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ilustração do himénio de Agaricus bisporus.

O himénio é uma camada de tecido do himenóforo de um corpo frutífero de um fungo, onde as células se desenvolvem em basídios e ascos produtores esporos. Em algumas espécies, todas as células do himénio desenvolvem-se em basídios ou ascos, enquanto noutras algumas células desenvolvem-se em céluas estéreis chamadas cistídios (basidiomicetes) ou paráfises (ascomicetes). Os cistídios são muitas vezes importantes na identificação microscópica. O sub-himénio consiste de hifas de suporte a partir das quais se desenvolvem as células do himénio, e sob o qual se situa a trama, as hifas que constituem a massa do himenóforo.

A posição do himénio é tradicionalmente a primeira característica usada na classificação e identificação de cogumelos. Abaixo encontram-se alguns exemplos de diversos tipos que ocorrem nos Basidiomycota e Ascomycota macroscópicos.

  • Nos agáricos o himénio situa-se nas faces verticais das lamelas.
  • Nos boletos encontra-se numa massa esponjosa de tubos que apontam para baixo.
  • Nas bufas é interno.

Ligações externos[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Régis Courtecuisse, Bernard Duhem : Guide des champignons de France et d'Europe (Delachaux & Niestlé, 1994-2000). ISBN 2-603-00953-2