Hipopotomonstrosesquipedaliofobia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Hipopotomonstrosesquipedaliofobia é uma palavra inventada como uma brincadeira que, por se ter tornado relativamente conhecida e divulgada, acabou por ser tomada como séria por muitas pessoas que não conhecem a sua origem. A hipopotomonstrosesquipedaliofobia seria um distúrbio que se caracteriza pelo medo irracional (ou fobia) de se pronunciar palavras grandes ou complicadas.[1] [2] [3] Carateriza-se pela aversão ou nervosismo em momentos nos quais o indivíduo deve mencionar palavras longas ou de uso pouco comum (discussões técnicas, médicas, científicas etc), assim como evitar ou não referir palavras estranhas ao vocabulário coloquial.[4]

Esta fobia pode ser causada pelo medo de pronunciar incorretamente a palavra, já que isto representa uma possibilidade de que a pessoa fique em desvantagem, seja visto como alguém de cultura inferior ou pouco inteligente, perante os seus iguais. Muitas vezes, esta fobia vem acompanhada de timidez social e medo de ser ridicularizado.[5]

A própria palavra hipopotomonstrosesquipedaliofobia representa certa ironia, visto que, além de ser longa e estranha, indica uma fobia à palavras semelhantes. Justamente por isso, para evitar problemas, as abreviaturas equipedalofobia e sesquipedaliofobia também são utilizadas .[6] [7] [8] [9] [10] [11]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Hipopotomonstrosesquipedaliofobia é constituída dos seguintes elementos:

  • Hipopoto vem do grego hippo-potamos, que significa "cavalo do rio" (= "hipopótamo").
  • Monstro é a palavra latina para "assustador".
  • Sesquipedali é uma forma mutilada do latim sesquipedalis que significa "palavra longa" (literalmente, "um pé e meio de comprimento").
  • Fobia significa "medo irracional".

Linguisticamente falando, o termo correto para "fobia de palavras longas" é megalologofobia (usando-se os prefixos gregos megalo e logos) ou sesquipedalofobia (usando-se o prefixo latino sesquipedalis).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]