Hipsômetro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
1- Termômetro; 2- Fogareiro; 3- Água; 4- Chaminé; 5- Suspiro.

Hipsômetro é um aparelho desenvolvido em inícios do século XIX, usado para medir a altitude de um lugar, através da diferença nele indicada pela temperatura em que a água entra em ebulição.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Dentre seus desenvolvedores conta-se o sábio colombiano Francisco José de Caldas que continuou as investigações dos suíços Horace-Bénédict de Saussure e Jean André Deluc para correlacionar o ponto de ebulição da água com a altura a partir do nível do mar, e determinar a altitude em função da variação do ponto de ebulição da água e da pressão atmosférica. Sobre esta base fabricou o primeiro hipsómetro, instrumento desenhado para determinar a altitude assinalando o ponto de ebulição da água.

Um ano após a morte de Caldas, em 1816, William Hyde Wollaston apresentou um Hipsômetro melhorado em que o termômetro deixava de estar imerso na água e passava a ficar exposto unicamente ao seu vapor.

Em 1845, Henri Victor Regnault desenvolveu o hipsômetro portátil, de dimensões reduzidas.

Modernos hipsômetros[editar | editar código-fonte]

Baseado no princípio de que a pressão atmosférica, que é menor à medida que se distancia do nível do mar, interfere na temperatura de fervura dos líquidos, modernos hipsômetros utilizam-se da precisão do laser e das microondas, conferindo assim maior exatidão às medidas.

Ver também[editar | editar código-fonte]