His Girl Friday

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
His Girl Friday
Jejum de Amor (BR)
1940 • pb • 92 min 
Direção Howard Hawks
Roteiro Charles Lederer
Ben Hecht
Elenco Cary Grant
Rosalind Russell
Ralph Bellamy
Género comédia romântica
País  Estados Unidos
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

His Girl Friday (br: Jejum de Amor) é um filme estadunidense de 1940, do gênero comédia romântica dirigido por Howard Hawks. Considerada uma das melhores comédias de todos os tempos.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Cary Grant,Rosalind Russell e Ralph Bellamy

Walter e Hildy são dois jornalistas que trabalham no mesmo jornal e acabam de se divorciar. Hildy vai até o jornal pedir demissão e avisar que está noiva e vai se casar no dia seguinte. Mas Walter não aceita e pede a ela que escreva uma última grande história sobre o assassino Earl Williams, enquanto ele ganha tempo para usar todos os seus truques para separar o casal.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • Russel ficou irritada com o diretor Howard Hawks por não ter sido a primeira escolha para o papel. Recusaram o papel de Hildy, as atrizes Jean Arthur, Irene Dunne, Katharine Hepburn, Carole Lombard, Margaret Sullavan, Joan Crawford, Claudette Colbert e Ginger Rogers.
  • Rosalind Russell achou que sua personagem não tinha falas tão boas quanto as de Cary grant e por isso contratou um escritor por conta própria para escrever suas falas.
  • Baseado em uma peça de teatro. No roteiro original a personagem "Hildy", é um homem (Hildebrand Johnston), que cansado do trabalho estressante resolve abandonar o jornal por um grande amor.
  • Os dialógos do filme são muito acelerados, há uma sobreposição de falas (onde uma personagem começa a falar antes do outro terminar), o que dá um tom mais realistas para o filme. Dá a impressão que não há um minuto de silêncio durante o filme.
  • Filmado anteriormente em 1931 como The Front Page (1931), e refilmado em 1974 como The Front Page e em 1988 Switching Channels. Sendo que essa versão de 1940 e a de 1988 mudam o roteiro original, transformando Hildy em uma mulher.
  • Eleita pelo American Film Institute como uma das 100 melhores comédias de todos os tempos (19ª posição).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]