História das Ilhas Virgens Americanas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Uma moeda em ouro de 20 Francos de 1905 da Companhia Dinamarquesa das Índias Ocidentais, com a efígie de Cristiano IX da Dinamarca.

Os mais antigos habitantes das Ilhas Virgens Americanas foram as tribos Ciboneis, Aruaques e Caraíbas, e o primeiro europeu a visitar o arquipélago foi Cristóvão Colombo.

As ilhas foram ocupadas por diversos países no século XVI, entre as quais a Inglaterra, Países Baixos, França e Dinamarca. Em 1733, a Companhia Dinamarquesa das Índias Ocidentais comprou Ilha de Santa Cruz aos franceses e estabeleceu as Índias Ocidentais Dinamarquesas como São Tomás, São João e na própria Santa Cruz. As ilhas foram compradas à Dinamarca pelos Estados Unidos em 1917.

Nas ilhas estabeleceram-se postos de comércio de escravos, e milhares deles trabalharam nas plantações de cana-de-açúcar. A escravatura terminou em 1848, após uma rebelião.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre História dos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.