Histaspes (seguidor de Zoroastro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Histaspes, versão helenizada do nome persa Vištāspa, foi um rei medo, seguidor de Zoroastro ou Zaratustra, citado no livro religioso-poético masdeísta, o Gathas, de autoria do próprio Zoroastro, como uma espécie de mestre-poeta.

Versão greco-romana[editar | editar código-fonte]

Segundo Lactâncio, Histaspes era um antigo rei dos Medas ou Medos, sendo o rio Histaspes derivado do seu nome. Ele, a partir de um sonho de um menino, profetizou, bem antes da fundação de Roma pelos troianos, que o Império Romano cairia.[1] Histaspes também havia previsto que, no fim dos tempos, os piedosos e fiéis, sendo separados dos perversos, implorariam aos céus, pedindo a proteção de Júpiter, e este ouviria suas súplicas, e destruiria os perversos; segundo Lactâncio, foram os demônios que alteraram o registro da profecia de Histaspes, atribuindo a Júpiter o que Deus fará.[2]

Referências

  1. Lactâncio, Instituições Divinas, Livro VII, Sobre uma vida feliz, Capítulo XV: Sobre a devastação do mundo e as mudanças dos impérios [em linha]
  2. Lactâncio, Instituições Divinas, Livro VII, Sobre uma vida feliz, Capítulo XVIII: Sobre a sorte do mundo nos últimos tempos, e o que foi previsto pelos adivinhos [em linha]