Hoa Hakananai'a

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hoa Hakananai'a

Hoa Hakananai'a é um moai exposto no Museu Britânico, em Londres. Seu nome provém da língua rapanui e significa aproximadamente "amigo oculto ou roubado".1 2 Ele foi removido da vila Orongo, Ilha de Páscoa, em 7 de novembro de 1868 pela tripulação do navio inglês HMS Topaze, e aportou em Portsmouth em 25 de agosto de 1869.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Hoa Hakananai'a é um dos dezesseis moais que foram talhados no basalto, uma rocha mais rígida que o tufo geralmente usado nas outras estátuas.2 3 Esse grande exemplar de quatro toneladas e 2,5 metros de altura foi removido de seu sítio original por trezentos marinheiros e duzentos nativos com o auxílio de cordas e guindastes.2

A proporção da cabeça para o torso é de aproximadamente 3:5. Originalmente o encaixe dos olhos fora preenchido com corais e obsidianas e o corpo pintado de branco e vermelho, todavia a sua pintura foi apagada pela água do oceano.

Seu dorso foi ricamente decorado com entalhes do homem-pássaro, remos cerimoniais e vulvas. Estes detalhes fazem do Hoa Hakananai'a um moai especial e que pode representar o elo entre a antiga adoração aos ancestrais e novo culto ao homem-pássaro.2

Referências

  1. Tilburg, 2004, p. 38.
  2. a b c d Flenley & Bahn, 2003, p. 178.
  3. Tilburg, 2004, p. 45.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Capek, Michael. Easter Island. Twenty-First Century Books, 2008. ISBN 0822575833
  • Flenley, John; Bahn, Paul G. The enigmas of Easter Island: island on the edge. Oxford University Press, 2003. ISBN 0192803409
  • Tilburg, J. Van. Hoa Hakananaia. Londres: British Museum Press, 2004.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre arqueologia ou arqueólogos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.