Homem de Pequim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaHomem de Pequim
Busto de um Homem de Pequim em exibição permanente em Zhoukoudian, China

Busto de um Homem de Pequim em exibição permanente em Zhoukoudian, China
Estado de conservação
Pré-histórica
Classificação científica
Domínio: Eukariota
Reino: Animalia
Subreino: Metazoa
Filo: Chordata
Subfilo: Vertebrata
Infrafilo: Gnathostomata
Superclasse: Tetrapoda
Classe: Mammalia
Subclasse: Theria
Infraclasse: Placentalia
Superordem: Euarchontoglires
Ordem: Primates
Subordem: Haplorrhini
Infraordem: Simiiformes
Parvordem: Catarrhini
Superfamília: Hominoidea
Família: Hominidae
Subfamília: Homininae
Género: Homo
Espécie: H. erectus
Subespécie: H. e. pekinensis
Nome trinomial
Homo erectus pekinensis
(Black, 1927)

Homem de Pequim ou de Beijing (denominação científica original: Sinanthropus pekinensis; denominação científica atual: Homo erectus pekinensis) é uma subespécie da espécie extinta Homo erectus. Foi descoberto durante escavações nos anos de 1923 a 1927, num local próximo de Pequim, capital da China. O material arqueológico encontrado foi datado entre 250 000 e 400 000 anos, no Pleistoceno. Mas segundo estudos recentes, descobriu-se que ele poderia ter vivido há 800 000 anos.[1]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Primatas, integrado ao WikiProjeto Primatas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.