Homo homini lupus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Homo homini lupus é uma sentença latina que significa o homem é o lobo do homem.

Foi criada por Plauto (254-184) em sua obra Asinaria. No texto se diz exatamente; "Lupus est homo homini non homo".

Foi bem mais tarde popularizada por Thomas Hobbes, filósofo inglês do século XVIII.

Gramaticalmente, segundo a construção em latim, está formada com o nominativo e dativo de homo, -inis (homem), e o nominativo de lupus-i (lobo).