Homo homini lupus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde dezembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Homo homini lupus é uma sentença latina que significa o homem é o lobo do homem.

Foi criada por Plauto (254-184) em sua obra Asinaria. No texto se diz exatamente; "Lupus est homo homini non homo".

Foi bem mais tarde popularizada por Thomas Hobbes, filósofo inglês do século XVII.

Gramaticalmente, segundo a construção em latim, está formada com o nominativo e dativo de homo, -inis (homem), e o nominativo de lupus-i (lobo).