Horton Foote

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde dezembro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Albert Horton Foote Jr. (Wharton, Texas 14 de março de 1916 – Hartford, Connecticut 4 de março de 2009) foi um roteirista norte–americano, talvez mais conhecido pelo seu roteiro do filme de 1962 To Kill a Mockingbird e pelo filme de 1983, Tender Mercies, e por seus notaveis dramas para a TV durante a Éra de Ouro da Televisão . Ele recebeu o Premio Pulitzer de Drama em 1995 por The Young Man From Atlanta.[1] Em 1995, foi o destinatário inaugural do Austin Film Festivals Premio Roteirista Expressivo. Descrevendo sua peça tripla “The Ophans Home Cycle”, a critica do Wall Street Jornal, disse: “Foote, que morreu em março deixou para trás uma obra prima, algo que sera lembrado no teatro americano do século 20”. Em 2000 ele foi condecorado com a Medalha Nacional de Artes .

Filho de Albert Horton Foote (1890-1973) e Harriet Gautier "Hallie" Brooks (1894-1974). Irmão de Thomas Brooks Foote (1921-1944), que morreu em um combate aéreo na Alemanha, e John Speed Foote (1923-1995).

Televisão[editar | editar código-fonte]

Foote, começou a carreira como ator, após estudar na Teatro Pasadena de 1931 a 1932. Depois de obter melhores criticas para peças que tinha escrito, ele se concentrou em escrever nos anos 1940 e se tornou um dos principais escritores para televisão durante os anos 1950, começando com um episódio de The Gabby Hayes Show . The Trip to Bountiful premiado em 1 de março, de 1953, com as lideres do elenco (Lillian Gish, Eva Marie Saint) reprisando seus papéis na Brodway no final daquele ano.

Teatro[editar | editar código-fonte]

Peças dele foram produzidas na Brodway, na Off – Brodway, na Off Off – Brodway e em muitos teatros regionais. Escreveu a versão em inglês dos livros japoneses para o musical de 1970 Scarlett, adaptação muiscal de ...E o Vento Levou. Ele ganhou em 1995 o Premio Pulitzer de Drama por, The Young Man From Atlanta. A peça The Goodman Theatre que foi apresentada na Brodway em Nova York, em 1997 foi indicada como melhor peçam mas não ganhou. A produção foi estrelada por Rip Torn, Shirley Knight e Biff McGuire. Knight e McGuire foram indicados ao Tony Awards.

Cinema[editar | editar código-fonte]

Recebeu uma indicação ao um Academy Awards de Malhor Roteiro Adaptado, e um Writers Guild of America por sua adaptação de To Kill a Mockingbird, em 1962. Ele não comparaceu a cerimônia do Oscar pois não achava que iria ganhar.

Inicialmente ele indicou Robert Duval, para o papél de Boo Radley, em To Kill a Mockingbird após conhece - lo em uma produção de 1957 chamada The Midnight Caller, em Nova York. Os doi trabalharam juntos muitas outras vezes no futuro. Duval foi descrito como "o ator número 1".

Roteirizou o filme de 1983, Tender Mercies que fora rejeitado por muitos diretores de cinema americanos, antes que o diretor australiano Bruce Beresford finalmente aceitou, mais tarde o roteirista disse “este filme foi recusado por todos os diretores de cinema americanos na face da terra”. Haviam rumores de que Foote havia escrito o roteiro a liderança de ‘’Tender Mercies’’ especialmente para Robert Duval. Isto foi negado por Foote, que disse que seria muito constrangedor se ele escreve – se para um, determinado ator, entretando, Duval disse que ele ajudou a contribuir com algumas idéias para o personagem e afirmou queHorton sabia que ele iria interpretar um cantor de country. O filme recebeu 6 indicações ao Oscar incluindo melhor fotografia (que perdeu), e melhor roteiro original (que ganhou).Duval também ganhou um Academy Awards, pela sua performance.


Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

Jr, se casou com Lillian Vallish Foote (julho de 1923 - Agosto de 1992), de 1945 até sua morte. Tiveram 4 filhos que são atores Horton Foote, Jr. e Hallie Foote, a roterista Daisy Brooks Foote e o diretor Walter Vallish Foote. Todos trabalharam em projetos com seus pais.


Peças[editar | editar código-fonte]

Roteiro Originais[editar | editar código-fonte]

  • Tender Mercies (1983)
  • Alone (1997)
  • Main Steet (2009)

Referências

  1. Kenneth Jones e Andrew Gans (4 de Março de 2009). Pulitzer Prize-Winning Playwright Horton Foote Is Dead at 92 (em inglês). Página visitada em 3 de Dezembro de 2012.