Hospital Júlio de Matos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hospital
Hospital Júlio de Matos
Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa
Entrada principal do hospital
Localização Lisboa, Portugal
Fundação 1890
Sistema de saúde Serviço Nacional de Saúde
Universidade afiliada Universidade de Lisboa
Leitos 186
Site Página Oficial
editar

O Hospital Júlio de Matos, ou Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa (CHPL)[1] , é um hospital psiquiátrico e de saúde mental, situado na cidade de Lisboa, freguesia de Alvalade. Embora tivesse sido aberto ao público em 2 de abril de 1942, as suas origens remontam a 1912, ano que se iniciou o estudo para a construção do "Novo Manicómio de Lisboa"[2] , cujo objectivo era ser uma opção ao antigo Hospital Miguel Bombarda.

Hospital Júlio de Matos

Considerado um dos melhores da Europa, na época da sua inauguração[3] , este hospital trouxe várias inovações, entre as quais a primeira Unidade de Psicocirurgia em Portugal, onde foi desenvolvido o método cirúrgico leucotomia, da autoria de Egas Moniz. Outra novidade foi a nova forma de abordagem no tratamento dos doentes psiquiátricos, que permitia, a alguns, a circulação no exterior do hospital.

Foi neste hospital que se realizaram alguns encontros internacionais de renome como a primeira Reunião Europeia de Neurocirurgia (1947), ou o primeiro Congresso Internacional de Psicocirurgia (1948), presidido pelo médico norte-americano Walter Freeman. Este último congresso teve a particularidade de ser aquele onde Egas Moniz foi proposto para o Nobel de Fisiologia ou Medicina.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um hospital ou uma instituição de saúde é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.