Hospital São Paulo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde setembro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O Hospital São Paulo (HSP) é um hospital público federal do Brasil de alta complexidade, pertencente à Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Foi fundado em 1936. Localiza-se no bairro de Vila Clementino, na zona sul da cidade de São Paulo. É um dos maiores e mais importantes hospitais da capital paulista, e um dos mais importantes e respeitados centros de ensino médico do país, contando atualmente com cerca de 800 leitos e atendendo nas mais diversas especialidades nas áreas de assistência, ensino e pesquisa.

É um hospital universitário geral, e o maior hospital universitário federal do país, com porte especial, de tratamento de doenças de alta complexidade, que atende diariamente mais de 4.500 paciente-ambulatoriais e 1.200 Pronto-Socorro/Pronto-Atendimento, é responsável, na Grande São Paulo, pela cobertura de uma área que abrange mais de 5 milhões habitantes, além de atender pacientes oriundos de outros estados da federação. Ao lado desta intensa atividade assistencial, destaca-se pela vasta produção científica, que o qualifica, no cenário nacional e internacional, como uma instituição séria e de excelência.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Sua fundação em 1936 veio sanar a falta de um local de ensino prático para a já existente Escola Paulista de Medicina.[2] Testemunha dos primórdios da organização do sistema de saúde do país, o Hospital São Paulo tem nas suas origens um detalhamento minucioso do pensamento político e acadêmico daquela época, como por exemplo a concessão de amostras de café do Departamento Nacional do café, com renda revertida para o Hospital São Paulo.[2]

Em 1940 foram inaugurados os quatro primeiros andares do Hospital São Paulo, com 120 leitos e desdobrado o pavilhão Dona Maria Tereza. Tempos depois o pavilhão passaria a agasalhar em seu andar superior a sede do Centro Acadêmico Pereira Barreto, com a mudança deste para outra sede, a cadeira de Clínica Dermatológica e Sifilográfica. Posteriormente (1972), no lugar do pavilhão, foi construído um prolongamento do atual Edifício dos Ambulatórios, que leva o nome do Prof. Jairo Ramos.[2] O HSP possuía um equipamento ímpar para a época, como o raio X importado. O prédio possuía 2 andares, onde foram instalados os serviços da Clínica Médica e Clínica Cirúrgica.[2]

Corpo Clínico[editar | editar código-fonte]

Além dos médicos contratados, transitam pelos corredores do maior hospital universitário federal do país mais de 450 residentes, cerca de 14 mil alunos de graduação e pós-graduação e mais de 7.500 funcionários, entre docentes, médicos, pessoal de enfermagem, psicólogos, nutricionistas, assistentes sociais e demais colaboradores.[3]

Estrutura e Serviços[editar | editar código-fonte]

Contando com mais de 800 leitos, o HSP destina 651 leitos para adultos e 92 para a Pediatria, os quais estão subdivididos da seguinte forma: 121 leitos de UTI e Semi Intensiva e 51 leitos de Emergência, 510 leitos de Unidades de Internação, 35 leitos de Hospital-dia e 26 leitos externos.[1] [3] Mensalmente, são mais de 100 mil consultas e cerca de 230 mil exames de laboratório.[3]

Especialidades e Procedimentos atendidos[editar | editar código-fonte]

  • Pronto-Socorro Adulto e Pediátrico;
  • Recepção Médica, Ambulatórios,
  • Raios-X, Radioterapia,
  • Ultra-sonografia,
  • Tomografia, Ressonância Magnética,
  • Medicina Nuclear,
  • Cineangiocoronariografia,
  • Densitometria,
  • Laboratório de Análises Clínicas,
  • Laboratório de Líquor,
  • Endoscopia,
  • Hemocentro,
  • Eletrocardiograma,
  • Gama câmara,
  • Eletroencefalograma
  • outros.[1]

Radiologia & Diagnóstico por Imagem[editar | editar código-fonte]

O Departamento de Diagnóstico por Imagem (DDI) do Hospital São Paulo / Unifesp possui em seus quadros muitos dos mais conceituados pesquisadores-professores na área da imaginologia[4] . Seu primeiro chefe foi o Prof. Dr. Feres Secaf. Os primeiros residentes/ estagiários vieram para a Especialidade em 1969, mas a Residência em Radiologia só foi aprovada em 1982 (2 anos de duração e 9 vagas).

No curso de Graduação coordenado pelo Prof. Dr. David Shigueoka, o DDI ministra atualmente aulas curriculares ao 3º e 4º anos da graduação em medicina e recebe alunos do 1º ano para a observação à prática médica e do  6º ano no estágio optativo. Como atividade extracurricular, os acadêmicos participam da Liga Acadêmica de Radiologia (LAR), coordenada pela Comissão de Educação e Pesquisa do departamento. O DDI também organiza e oferece cursos especializados para residentes, pós-graduandos, técnicos e acadêmicos voltados para a educação continuada permanente dos profissionais de saúde.

O Departamento está equipado para todos os métodos de diagnóstico por imagem e presta atividade assistencial em todas as áreas. Assim sendo, foram criadas as Coordenadorias de Ressonância Magnética, de Tomografia Computadorizada, de Radiodiagnóstico, de Ultrassonografia, de Medicina Nuclear, de Física e Higiene das Radiações, de Intervenção e da Angiografia Digital. [4]

  • Prof. Dr. Artur da Rocha Corrêa Fernandes - Radiologia Músculo Esquelética[5]
  • Prof. Dr. Edson Shinji Kubota - Radiologia Músculo Esquelética[6]
  • Prof. Dr. Giuseppe D'Ippolito - Radiologia Abdominal[7]
  • Dr. Henrique Lederman- Radiologia Pediátrica
  • Dr. Rodrigo Regacini - Radiologia Pediátrica[8]
  • Prof. Dr. David Carlos Shigueoka - Radiologia Abdominal[9]
  • Dr. Carlos Gustavo Yuji Verrastro - Radiologia Torácica[10]
  • Profa. Dra. Suzan Menasce Goldman - Radiologia Abdominal[11]
  • Dr. Marcos Hideki Idagawa - Neurorradiologia[12]
  • Dra. Giselle Guedes Netto de Mello - Radiologia Mamária
  • Prof. Dr. Nitamar Abdala - Neurorradiologia[13]
  • Dr. Luis Antonio Tobaru Tibana - Neurorradiologia[14]
  • Prof. Dr. Jacob Szejnfeid - Radiologia Abdominal[15]
  • Prof. Dr.Henrique Carrete Junior - Neurorradiologia e coordenador Ressonância Magnética[16]
Ícone de esboço Este artigo sobre um hospital ou uma instituição de saúde é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. a b c Hospital Sao paulo - SP 360. Visitado em 08/12/14.
  2. a b c d História do Hospital São Paulo. Visitado em 08/12/14.
  3. a b c Jornal da UNIFESP Unifesp (setembro de 2005). Visitado em 08/12/14.
  4. a b o Departamento de Diagnostico por Imagem.
  5. http://lattes.cnpq.br/5802740927050065
  6. http://lattes.cnpq.br/9900679813727455
  7. http://lattes.cnpq.br/1376794938916690
  8. http://lattes.cnpq.br/1192557620651923
  9. http://lattes.cnpq.br/1047430444405235
  10. http://lattes.cnpq.br/4227820017852866
  11. http://lattes.cnpq.br/4903816455277036
  12. http://lattes.cnpq.br/7553082895630636
  13. http://lattes.cnpq.br/8132921767941082
  14. http://lattes.cnpq.br/7744269782034351
  15. http://lattes.cnpq.br/7019775025154911
  16. http://lattes.cnpq.br/5188994792346007