Hot Hot Heat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hot Hot Heat
Hot Hot Heat (1659559709).jpg
Informação geral
Origem Victoria, Colúmbia Britânica
País  Canadá
Gênero(s) Indie rock
Dance-punk
New wave
Post-punk revival
Página oficial www.HotHotHeat.com
Integrantes Steve Bays
Paul Hawley
Dustin Hawthorne
Luke Paquin
Ex-integrantes Matthew Marnik
Dante DeCaro

Hot Hot Heat é uma banda de indie rock de Victoria, Colúmbia Britânica, Canadá. São compostos por Steve Bays (vocalista e tecladista), Paul Hawley (bateria), Dustin Hawthorne (baixista) e Luke Paquin (guitarrista).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Depois de terem participado em várias bandas juntos Dustin Hawthorne e Steve Bays conheceram Paul Hawley. Em 1999, Hawley comprou um teclado Juno 6 e pediu a Steve Bays para o tentar tocar, já que mais ninguém estava mais apto para o fazer. Hawley trocou então de lugar com Bays que passou a ser o baterista do grupo enquanto que Hawthorne tocava baixo tornando-se Matthew Marnick, um amigo da banda, o vocalista. O som da banda na altura podia ser considerado como synthpunk. Mas a banda depressa mudou de direcção para um som mais melódico e com uma maior influencia pop e de bandas dos anos 80 como XTC e The Clash.

Entretanto Marnick saiu da banda ando lugar ao guitarrista Dante DeCaro. Agora com Steve como vocalista, a banda fez tournées intensivas no Canadá, mostrando similaridades sonoras com bandas como Les Savy Fav, The French Kicks, Radio 4, Ima Robot, e Pretty Girls Make Graves, e abrindo os concertos dos conhecidos canadianos Sloan na sua tournée nacional.

A exposição da banda nos concertos atraiu a atenção da editora discográfica de Seattle Sub Pop, que assinou com os Hot Hot Heat in 2001, levando a que no início de 2002 fosse lançado o EP Knock Knock Knock, produzido por Chris Walla dos Death Cab for Cutie o que abriu portas para digressões com grupos como os The Walkmen e The Dismemberment Plan. Esse lançamento foi depressa seguido pelo primeiro álbum da banda denominado, Make Up the Breakdown, produzido por Jack Endino produtor de bandas como Nirvana e Soundgarden. O grupo teve assim um produtivo ano 2002 ao assinar pela warner bros, pouco depois do lançamento de álbum. que depressa foi aclamado pela crítica. Singles como "Bandages" and "Talk to Me, Dance With Me" receberam tempo de antena regular na MTV e nas rádios onde chegou a atingir primeiros lugares nos tops.

Em 2003 a banda relançou o álbum de 2001 Scenes One Through Thirteen, pela editora OHEV dando a conhecer a sonoridade inicial da banda, bastante diferente de Knock Knock Knock e Make Up the Breakdown. Depois de terem estado em digressão quase todo o ano de 2003, os hot hos heat passaram o ano seguinte em gravações e em 2004 Make Up the Breakdown ganhou ainda a categoria de "Melhor Ábum" nos Canadian Independent Music Awards pela votação do público. Em Outubro DeCaro deixou o grupo contudo o seu trabalho apareceu ainda no álbum Elevator lançado na primavera de 2005 pela editora Sire Dante deu lugar ao guitarrista Luke Paquin quando a banda iniciou a sua digressão em 2005.

Em 2006 a banda fez um show em São Paulo no festival Nokia Trends e no mesmo ano anunciou o lançamento do quarto CD da banda para 2007. Dito e feito, em 11 de Setembro a banda lançou o disco "Happiness Ltd".

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns

EP

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Título Álbum
2003 "Bandages" Make Up the Breakdown
2003 "Talk to Me, Dance with Me" Make Up the Breakdown
2004 "No, Not Now" Make Up the Breakdown
2005 "Goodnight, Goodnight" Elevator
2005 "Middle of Nowhere" Elevator
2005 "You Owe Me An I.O.U." Elevator
2007 "Let Me In" Happiness Ltd

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Flag of Canada.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Canadá, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.