Houston Stewart Chamberlain

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Houston Stewart Chamberlain
Houston Stewart Chamberlain em 1895

Houstin Stewart Chamberlain (Portsmouth, 9 de Setembro de 1855  — Bayreuth, 9 de janeiro de 1927) foi um autor britânico conhecido pelos seus trabalhos relacionados à raça ariana

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Southsea, Inglaterra. Aos 14 anos sofreu problemas de saúde e se tratou em vários spas na Europa, com a companhia de um tutor que lhe ensinou a cultura e língua alemã. Mudou-se para Alemanha, participou num grupo nacionalista extremista e antissemita. Casou com Eva Wagner, filha de Richard Wagner. Escreveu muitos livros relacionados à raça ariana e antissemitismo, lidos por Adolf Hitler.

Racialismo ariano[editar | editar código-fonte]

Chamberlain sustentou, na sua obra Os fundamentos do século XIX, de 1899, que a raça superior ariana, descrita por Arthur de Gobineau, era ancestral de todas as classes superiores europeias e da Ásia, indo mais além, afirmando que ela não havia sido extinta, subsistindo em estado puro na Alemanha e no norte da Europa.[1]

Dentro dos arianos Chamberlain incluiu os povos celtas e nórdicos, que considerou como pertencentes à mesma família germânica.

Seu trabalho foi bem recebido na Alemanha, tendo sido convidado à Corte do Kaiser Guilherme II.

Durante a Primeira Guerra Mundial escreveu artigos contra seu país de origem e naturalizou-se alemão. Seus escritos inspiraram profundamente Adolf Hitler - uma das poucas pessoas presentes ao seu funeral, em 1927.

Referências

  1. Stackelberg, R.. The Nazi Germany Sourcebook: An Anthology of Texts. [S.l.]: Routeledge, 2002. 84–85 pp. ISBN 0415222133
Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.