How the Grinch Stole Christmas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
How the Grinch Stole Christmas
Grinch (PT)
O Grinch (BR)
 Estados Unidos
2000 • cor • 104[1] min 
Direção Ron Howard
Produção Brian Grazer
Roteiro Jeffery Price
Peter S. Seaman
Baseado em How the Grinch Stole Christmas! de
Dr. Seuss
Narração Anthony Hopkins
Elenco Jim Carrey
Jeffrey Tambor
Christine Baranski
Bill Irwin
Molly Shannon
Gênero Comédia
Fantasia
Musical
Idioma Inglês
Música James Horner
Cinematografia Donald Peterman
Edição Dan Hanley
Mike Hill
Estúdio Imagine Entertainment
Distribuição Universal Pictures
Lançamento Estados Unidos 17 de novembro de 2000
Portugal 1 de dezembro de 2000
Brasil 8 de dezembro de 2000
Orçamento US$123 milhões[1]
Receita US$345,141,403[1]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)
Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o

How the Grinch Stole Christmas (no Brasil, O Grinch; em Portugal, Grinch) é um filme de comédia de fantasia estadunidense de Natal de 2000 da Universal Pictures e Imagine Entertainment, baseado no livro de 1957 de mesmo nome de Dr. Seuss. Foi o primeiro livro de Dr. Seuss para ser adaptado em um filme de longa-metragem. Porque o filme é baseado no livro de imagens para crianças, muitas adições tiveram que ser feitas para o enredo para trazê-lo até o longa-metragem, incluindo algumas informações sobre a história de fundo do personagem-título. A maioria das rimas utilizadas no livro foram usadas no filme, embora algumas foram ligeiramente modificadas e novas rimas foram colocadas no filme.

O filme foi dirigido por Ron Howard, produzido por Howard e Brian Grazer, e estrelado pelo comediante Jim Carrey. O filme recebeu críticas mistas dos críticos, mas passou quatro semanas, como o número um filme nos Estados Unidos. The Grinch é o segundo filme de maior bilheteria de todos os tempos de férias com $345,141,403 em todo o mundo, atrás apenas de Home Alone.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O Grinch (Jim Carrey) é uma criatura verde e mesquinha que odeia o espírito de Natal. Quando era criança foi gozado pelos colegas, devido ao seu aspecto. Na escola apaixonou-se por uma garota que consequentemente apaixonou-se também por ele. Devido a ser gozado por todos os colegas no dia de Natal, exceto pela garota que por ele se apaixonou, fugiu e refugiou-se no alto de uma montanha numa caverna com o seu cão Max alimentando-se de lixo e fazendo máquinas avançadas a partir de sucata. Odiando o Natal, ele pretende estragar a festa dos moradores da Cidade dos Quem, roubando presentes e enfeites com a ajuda de seu cãozinho Max. Ao mesmo tempo, a pequena Cindy Lou Quem (Taylor Momsen), moradora da Cidade dos Quem, observa as pessoas pensando apenas em compras, presentes e enfeites e quer saber o significado do Natal. Os caminhos de Cindy Lou e do Grinch se cruzarão e, juntos, conhecerão o verdadeiro espírito do Natal.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Jim Carrey como o Grinch, criatura verde que sempre odiava o Natal desde que ele era uma criança de 8 anos de idade. Foi revelado em sua origem, que ele começou a odiar o Natal depois que seus colegas da escola riram dele quando ele tentou fazer a barba do queixo. Antes de Jim Carrey ser escalado para interpretar como O Grinch, Jack Nicholson e Eddie Murphy foram considerados para interpretarem.
  • Jeffrey Tambor como Prefeito Augustus May Who, prefeito rude, arrogante, e juiz da Cidade dos Quem. Ele é revelado para ser o valentão da escola que pegou no jovem Grinch pelo queixo barbeado, o que motivou o Grinch a que odiasse o Natal em primeiro lugar. Ele também denuncia o Grinch cada chance que ele recebe e quer ter inferiorizar Grinch no Natal.
  • Christine Baranski como Martha May Whovier, queda ao longo da vida do Grinch e o interesse romântico de Augustus. Ela começa a namorar em última análise, o Grinch.
  • Bill Irwin como Lou Lou Who, O pai de Cindy Lou e carteiro de Cidade dos Quem.
  • Molly Shannon como Betty Lou Who,

A mãe de Cindy Lou e uma rival de Martha May, em um concurso de casa-de iluminação.

  • Taylor Momsen como Cindy Lou Who, uma jovem que pensa que o espírito de Natal em Cidade dos Quem está perdido. (Nesta versão, ela tem oito anos, enquanto que no livro e especial de TV que ela era "não mais do que dois").
  • Kelley como Max o Cão e Frank Welker como sua voz, que é o cão de estimação do Grinch e único companheiro no Monte Crumpit. Não se sabe como ou quando o Grinch pegou.
  • Clint Howard como Whobris, assessor do prefeito.
  • Mindy Sterling como Clarnella Who, uma das cuidadoras de infância do Grinch
  • Jeremy Howard e T. J. Thyne como Drew Lou e Stu Lou Who, filhos de Lou e Betty, e irmãos de Cindy Lou.
  • Jim Meskimen como Oficial Wholihan, o chefe da polícia.
  • Josh Ryan Evans como Grinch aos 8 anos de idade; sua humilhação na escola por Augustus é o que o leva a um ódio de Natal.
  • Anthony Hopkins como o Narrador.
  • Bryce Dallas Howard como o admirado Who.
  • Ben Bookbinder como Augustus May Who aos 8 anos de idade; julgou o jovem Grinch, que então motivou o Grinch a odiar o Natal.
  • Landry Allbright como Martha May Whovier aos 8 anos de idade. Ela mostra compaixão para com o jovem Grinch.
  • Reid Kirchenbauer como Whobris aos 8 anos de idade.

Dublagem[editar | editar código-fonte]

Estúdio: Delart

Mídia:Televisão(Globo/SBT)/DVD


  • Christine Baranski (Martha May Quem de Sá): Melise Maia
  • Molly Shannon (Betty Lou-Quem): Andrea Murucci
  • Bill Irwin (Lou Lou Who): Márcio Simões
  • Taylor Momsen (Cindy Lou-Quem): Indiane Christine
  • Jeremy Howard (Drew Lou Quem): Manolo Rey
  • Mary Stein (Miss Rue Quem): Christiane Louise
  • Mindy Sterling (Clarnella): Sônia Ferreira
  • Rachel Winfree (Rose): Geisa Vidal
  • Josh Ryan Evans (Grinch - criança): Gustavo Pereira
  • Landry Allbright (Martha May Quem de Sá - criança): Luisa Palomanes
  • Grinch Bebe: Christiane Monteiro
  • Anthony Hopkins (Narrador): Antônio Fagundes


  • Outras Vozes: Márcio Seixas, Miguel Rosenberg, Pietro Mário, Sérgio Stern.

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

  1. "Kids Today" – Jim Carrey e Taylor Momsen *
  2. "Grinch 2000" – Busta Rhymes e Jim Carrey
  3. "Green Christmas" – Barenaked Ladies
  4. "Christmas of Love" – Little Isidore e the Inquisitors
  5. "Lonely Christmas Eve" – Ben Folds
  6. "Grinch Schedule" – Jim Carrey *
  7. "Better Do It Right" – Smash Mouth
  8. "Whoville Medley" (Perfect Christmas Night/Grinch) – Trans-Siberian Orchestra
  9. "Reindeer" – Jim Carrey *
  10. "Christmas Is Going to the Dogs" – The Eels
  11. "You're a Mean One, Mr. Grinch" – Jim Carrey
  12. "Christmas Means More" – Anthony Hopkins e Jim Carrey
  13. "You Don't Have to Be Alone" – *NSYNC
  14. "Where Are You, Christmas?" – Faith Hill
  15. "The Shape of Things to Come" – James Horner
  16. "Memories of a Green Childhood" – James Horner +
  17. "Christmas, Why Can't I Find You?" – James Horner e Taylor Momsen
  18. "Stealing Christmas" – Anthony Hopkins, James Horner, Jim Carrey, e Taylor Momsen ~
  19. "The Big Heist" – James Horner +
  20. "Does Cindy Lou Really Ruin Christmas?" – James Horner +
  21. "A Change of Heart" – James Horner +
  22. "The Sleigh of Presents" – James Horner +
  23. "He Carves the Roast Beast" – James Horner ^

Legenda:
*Diálogo
+ Instrumental
~ Inclui Narração e Diálogo
^ Inclui "Welcome Christmas"

Recepção[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

How the Grinch Stole Christmas foi um sucesso financeiro na bilheteria, abrindo em número um com um bruto fim de semana de $55,082,230 dólares, para uma média de $17,615 a partir de 3,127 cinemas e ficando em #1 para um total de 4 semanas. Fechou-se em 30 de abril de 2001, após cinco meses, com um final bruto de $260,044,825 nos Estados Unidos e Canadá, e um bruto adicional de $85,096,578 dólares em outros territórios, para um bruto mundial total de $345,141,403.[1]

Resposta da crítica[editar | editar código-fonte]

How the Grinch Stole Christmas tem recepção média ou mista pela crítica profissional. Com a pontuação de 53% em base de 130 avaliações, o Rotten Tomatoes chegou ao consenso: "Jim Carrey brilha como o Grinch. Infelizmente, não é o suficiente para salvar este filme. Você faria melhor assistindo ao desenho animado na TV".[2] Enquanto Metacritic lista o filme com uma classificação de 46/100, indicando "críticas mistas ou médias". [3]

Roger Ebert criticou o filme, referindo que "a úmido, fantasmagórico, filme estranho sobre uma criatura azeda que vive em cima de uma montanha de lixo, assusta as crianças, é mau para o seu cão, e rouba presentes de Natal de todos", e dizendo, "Deve haver... um projeto de produção mais alegre e um olhar mais brilhante em geral... não é apenas muito divertido".[4]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

O filme recebeu três indicações ao Oscar, incluindo Melhor Figurino e Melhor Direção de Arte, e os indicados Rick Baker e Gail Ryan ganharam o Oscar de Melhor Maquiagem. No Globo de Ouro, Carrey foi nomeado para o Globo de Ouro de Melhor Ator - Filme Musical ou Comédia, perdendo o prêmio para George Clooney para O Brother, Where Art Thou?. O filme ganhou um Saturn Award de Melhor Música. No entanto, também foi indicado a dois Framboesa de Ouro de Pior Remake ou Sequência e Pior Roteiro, mas perdeu para Book of Shadows: Blair Witch 2 e Battlefield Earth, respectivamente.

Óscar

  • Ganhou o prêmio na categoria de melhor maquiagem.
  • Recebeu uma indicação na categoria de melhor direção de arte.

Golden Globe

  • Recebeu uma indicação de melhor ator - comédia/musical pelo ator Jim Carrey

Home media[editar | editar código-fonte]

O filme foi lançado em VHS e DVD em 20 de novembro de 2001. Um pacote combo Blu-ray/DVD foi lançado em 13 de outubro de 2009.

Remake[editar | editar código-fonte]

Universal Pictures e Illumination Entertainment anunciaram que eles estão trabalhando em um remake animado por computador do filme.

Peter Candeland está definido para dirigir, seguindo o remake de The Cat in the Hat, com produção de CEO Chris Meledandri da Illumination e Audrey Geisel, viúva de Dr. Seuss autor, Theodor Geisel, será produtor executivo.[5] [6] Ele provavelmente será lançado em 2015.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]