Hrubieszów

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hrubieszów
Hrubieszów
POL Hrubieszów COA.svg
Hrubieszów Centrum.jpg
Voivodia Lublin
Powiat Hrubieszowski
Gmina Hrubieszów
Área 33,03 km²
População (2007) 18 549 habitantes
Densidade 562 hab/km²
Código telefônico 84
Matrículas de automóveis LHR
Localização
Localização de Hrubieszów na Polónia 50° 49' N 23° 53' E
Cidade da Polónia Flag of Poland.svg

Hrubieszów é uma cidade situada no sudeste da Polónia, na voivodia de Lublin e no condado de Hrubieszowski. Estende-se por uma área de 33,03 km². Segundo os dados de 30 de junho de 2009 a cidade tem 18 350 habitantes, com uma densidade 562 hab/km². Em volta da cidade situam-se inúmeros cemitérios de baixa idade média, mamoas e outras descobertas arqueológicas (entre outros em Gródek, Masłomęcz ou Kryłow). A cidade está localizada na margem do rio Huczwa, afluente do Bug e a uma distância de somente 18 quilómetros da fronteira com a Ucrânia em Zosin. Hrubieszów é a povoção mais oriental do país. A economia da região é baseada na agricultura por causa da existência de solo muito fértil do tipo chernossolo. Os arredores da cidade antes faziam parte da chamada Ruténia Vermelha.

História As raízes da cidade remontam ao século XIII. A primeira menção de Hrubieszow vem do ano 1254 e descreve a cidade como um assentamento rodeado por floresta que desempenhava a função de cidade russa defensiva. Durante séculos Hrubieszów cumpriu a função de coutada como se vê no brasão de armas da cidade, a cabeça de um veado com duas cruzes entre os chifres. Em 1366, todo o território do Principado de Kiev foi incorporado na Polónia. Em 1400 Hrubieszów recebeu o título de cidade das mãos de Ladislau II (Jogaila). Provavelmente nos finais do século XIV foi construído um castelo de madeira – a sede do Starosta. Desde então podia-se notar um desenvolvimento rápido, interrompido pela invasão tártara que entre os anos 1498 e 1626 muitas vezes destruíram a cidade. Em consequência das Partições da Polónia Hrubieszów ficou sob a governação austríaca. Em 1800 Stanisław Staszic comprou as aldeias pertencentes ao ex-município e, em 1813, fundou a Sociedade Agrícola de Hrubieszów. Foi a primeira organização pré-cooperativa na Europa e funcionou até 1945. Em meados do século XIX Hrubieszów era a segunda maior cidade da região, depois de Lublin. A cidade desenvolvia-se rapidamente, e em 1909 tinha uma população de 15 mil habitantes. Desde os seus inícios foi uma povoação multi-cultural – ao lado dos russos e polacos no século XV instalaram-se ai os judeus. Em 1915, durante a Primeira Guerra Mundial, toda a população ortodoxa foi evacuada para a Rússia. Em Agosto de 1920 Hrubieszów foi lugar da luta contra o invasor russo. No dia 17 de Setembro de 1939 as tropas alemãs ocuparam a cidade, três dias depois entraram os soviéticos que formaram ai um campo de prisioneiros para oficiais polacos para depois transportá-los para Kozelsk e Starobielsk. Os alemães, em cooperação com os nacionalistas ucranianos, fizeram numerosas execuções, o que provocou a actividade dos movimentos de resistência, tais como: O Exército Polaco Secreto, Serviço de Vitoria Polaca ou Armia Krajowa. Em Junho de 1940 foi criado o gueto onde viviam judeus de toda a região. Em 1943 os alemães queimaram todas as aldeias polacas e ucranianas da região em resultado de que muitos habitantes foram assassinados.

Monumentos[1]

  • Igreja Católica de Santo Estanislau Kostka (Santuário da Nossa Senhora de Sokal) que foi fundada em 1630. No conjunto histórico fazem parte:

- igreja ortodoxa em alvenaria (agora igreja católica) construída nos anos 1795 - 1828

- campanário de alvenaria de 1868

- presbitério de madeira dos inícios do século XX

  • Igreja ortodoxa de 1875 [2]
  • Igreja Católica de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro de 1903-1905
  • Igreja de São Nicolau e mosteiro dominicano do século XVIII
  • Solar Du Chateau[3] . É um dos monumentos mais interessantes de Hrubieszów, devendo o seu nome a uma família famosa da cidade (proveniente dum soldado napoleónico) proprietária do solar desde 1850. A parte central deste monumento foi construída no lugar do antigo castelo de Hrubieszów em 1791. É uma construção de só um andar com o tecto com mansardas. Depois da Segunda Guerra Mundial foi a sede do NKVD. A última proprietária do solar foi Maria Julia de Marurakowie de Chateau, viúva de Juliusz de Chateau (ambos jazem no cemitério de Hrubieszów). Actualmente é a sede de Sociedade Agrícola de Hrubieszów e do Museu Regional Stanisław Staszic. Neste último há exposições dedicadas à arqueologia, etnografia e à Sociedade Agrícola de Hrubieszów. Perto do solar há uma construção de 1920, actualmente a sede de Fundação de Cultura e Amizade Polaco- Francesa[4] fundada graças aos esforços de Stephane du Chateau.

Famosos de Hrubieszów

  • Boleslaw Prus- jornalista e escritor, um dos principais representantes do positivismo polaco
  • Abraham Stern – o inventor da maquina de contagem
  • Wiktor Zin – arquitecto

Vale a pena também mencionar - duas personagens que viveram e trabalharam em Hrubieszów: Stanisław Staszic e o poeta Bolesław Leśmian.


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Polónia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.



Referências[editar | editar código-fonte]