Hugh Hefner

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hugh Hefner
Hefner em 2009.
Nome completo Hugh Marston Hefner
Conhecido(a) por Fundador da revista Playboy
Nascimento 9 de abril de 1926 (88 anos)
Chicago, Illinois
 Estados Unidos
Nacionalidade  Estados Unidos
Fortuna Aumento 43 milhões USD (2011)[1]
Cônjuge Crystal Harris [2]
Filho(s) 3 filhos (Marston, Cooper, David), 1 filha (Christie)
Ocupação Empresário
Página oficial
Página oficial

Hugh Marston Hefner (Chicago, 9 de abril de 1926) é o idealizador, fundador e editor-chefe da mais famosa revista erótica do mundo, a Playboy, lançada em dezembro de 1953. Atualmente é editor da revista, com a companhia-mãe Playboy Enterprises sendo gerida por Scott Flanders desde 2009.[3]

Em sua primeira edição, a Playboy apresentou o calendário fotográfico de Marilyn Monroe. Hoje, está presente em mais de vinte e oito países com suas próprias editoras nacionais, como o Brasil, o Japão, a França e a Romênia. Ironicamente, Hefner é o filho mais velho de pais protestantes e conservadores, Glenn e Grace Hefner, e descende de importantes patriarcas puritanos do estado americano de Massachusetts, como William Bradford e John Winthrop.

Hefner já chegou a ter sete namoradas ao mesmo tempo, desde que a revista foi criada. Atualmente, está com Anna Sophia Berglund e Shera Bechard, pois acaba de terminar o relacionamento com Crystal Harris que aconteceria dia 18 de junho de 2011. Depois de vários conflitos com sua ex-noiva, o fundador da Playboy disse que dura mais do que 2 segundos na cama, segundo o jornal The Star. Em uma entrevista à uma revista de fofocas nos Estados Unidos Hefner diz que já broxou na cama e muitas vezes saiu com travestis.

Sua fortuna pessoal é avaliada em mais de 43 milhões de dólares.[4]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Hugh Hefner com Don Adams em 1970

Hefner nasceu em Chicago em 26 de Abril de 1926, parte de uma família conservadora e protestante. Já na escola se interessou no ramo jornalístico, criando um jornal da escola e desenhando cartuns. No último ano do ensino médio, após ser rejeitado por uma garota por quem era apaixonado, resolveu se reinventar como "Hef", uma figura sofisticada que logo garantiu-lhe popularidade entre os colegas.[5] Após se formar em 1944, se juntou ao Exército dos Estados Unidos, trabalhando como secretário e cartunista antes de ser dispensado em 1946. Hefner fez aulas de arte no Art Institute of Chicago e em seguida entrou na Universidade de Illinois, onde se formou em apenas dois anos e meio em Psicologia. Em seguida estudou sociologia na Northwestern University, enquanto trabalhava como cartunista e editor.[6]

Em 1949, se casou com Mildred Williams, de quem se separou dez anos depois. Tiveram dois filhos, Christie (nascida em 1952, sucedeu o pai no comando da Playboy entre 1985 e 2009) e David (n. 1955). Após alguns trabalhos em lojas, conseguiu um trabalho na Esquire em 1951, sendo demitido após a companhia se mudar para Nova York e Hefner exigir um aumento para aceitar se mudar. Seguiram-se empregos na editora Publisher's Development Corp. e a revista infantil Children's Activities, até Hefner decidir que criaria uma publicação própria, uma revista masculina sofisticada visando a geração pós-guerra. O momento definitivo para Hefner foi uma reunião do colégio, em que se lembrou de sua época como "Hef"; Com empréstimos e penhores angariou 8 mil dólares para criar a Playboy, que foi lançada em 1953 com Marilyn Monroe na capa.[6] [5] Hefner nunca conheceu Monroe pessoalmente, mas como gratidão por ter garantido sua entrada no mercado comprou o jazigo próximo ao túmulo de Monroe no Westwood Village Memorial Park Cemetery, em Los Angeles.[7]

Notas e referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Hugh Hefner
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Hugh Hefner
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.