Hugo Assmann

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde outubro de 2009)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

Hugo Assmann (Venâncio Aires, 22 de julho de 1933Piracicaba, 22 de fevereiro de 2008) foi um teólogo católico brasileiro que desenvolveu importante obra após o Concílio Vaticano II. É considerado um dos pioneiros da Teologia da Libertação no Brasil.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Hugo Assmann fez seus estudos de Filosofia no Seminário Central de São Leopoldo (1951 - 1960) e Teologia na Universidade Gregoriana de Roma (1954 - 1958). Também estudou Sociologia na Universidade de Frankfurt, Alemanha. Ordenado padre, doutorou-se em Teologia pela Universidade Gregoriana de Roma.

De volta ao Brasil, estabeleceu-se em Porto Alegre, onde foi vigário da Paróquia de N. S. do Montserrat e professor do Seminário de Viamão. Neste período desenvolveu sua obra em torno da Teologia do Desenvolvimento através da revista Seminário.

Com o advento do regime militar no Brasil, foi para o Uruguai, depois para a Bolívia e para o Chile de Salvador Allende. Neste período desenvolveu sua reflexão sobre a teologia da revolução. Em 1973 publicou Teología desde la praxis de la Libertacion, que marcou a sua transição para a Teologia da Libertação.

Com a queda de Allende, Assman seguiu para a Costa Rica, onde juntamente com Franz Hinkelammert, desenvolveu suas reflexões teológicas sobre a relação entre Teologia e Economia no Departamento Ecuménico de Investigaciones (DEI), fundado por ambos. Este centro viria a ser um dos principais produtores e formadores da Teologia da Libertação.

Ajudou a fundar também a Associação Ecumênica de Teólogos do Terceiro Mundo – EATWOT e a Sociedade Brasileira de Teologia e Ciências da Religião – SOTER.

De volta ao Brasil no início dos anos 80, foi professor titular de Filosofia da Educação e Comunicação na Universidade Metodista de Piracicaba.

Sua obra possui um caráter fortemente interdisciplinar e ecumênico, transitando entre economia, as ciências sociais, a comunicação e a pedagogia. Sua reflexão não foi centrada nas questões dogmáticas, mas a partir das práticas da libertação. Foi um dos primeiros teólogos a utilizar as categorias das Ciências Sociais no discurso teológico. Foi um crítico dos pressupostos teológicos do capitalismo liberal e da absolutização do mercado, ou "idolatria do mercado", que, segundo sua visão, impõe o sacrifício de vidas humanas. Sua vida foi dedicada à luta contra a pobreza e a exclusão social, conclamando a Igreja e a sociedade a assumirem esta luta.

A coleção das obras de Hugo Assmann (livros e periódicos) foi doada pela sua família à Biblioteca Ecumênica do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião da Universidade Metodista de São Paulo (UMESP).

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Teología desde la praxis de la liberación (1973)
  • Marx, K & Engels, F., Sobre la religión (1979)
  • A trilateral. A nova fase do capitalismo mundial (1986)
  • A idolatria do mercado. Um ensaio sobre economia e teologia. Petrópolis: Vozes (1989)
  • Clamor dos pobres e “racionalidade” econômica, São Paulo (1990)
  • Desafios e falácias. Ensaios sobre a conjuntura atual (1991)
  • Crítica à lógica da exclusão. Ensaios sobre economia e teologia (1994)
  • Reencantar a educação: rumo à sociedade aprendente. Petrópolis:Vozes (2003)
  • Competência e Sensibilidade solidária: Educar para a Esperança, em co-autoria com Jung Mo Sung (2000)
  • Curiosidade e prazer de aprender. (2004)
  • Redes digitais e metamorfoses do aprender, em co-autoria com: Rosana Pereira Lopes, Rosemeire Carvalho do Amaral Delcin, Gilberto Canto e Getúlio de Souza Nunes (2005)
  • Deus em nós: o reinado de Deus que acontece no amor solidário aos pobres, em co-autoria com Jung Mo Sung (2010)

Fontes[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um teólogo cristão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.