Hyaloperonospora parasitica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaHyaloperonospora parasitica
Hyaloperonospora arabidopsidis em Arabidopsis thaliana

Hyaloperonospora arabidopsidis em Arabidopsis thaliana
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Chromalveolata
Filo: Heterokontophyta
Classe: Oomycetes
Ordem: Peronosporales
Família: Peronosporaceae
Género: Hyaloperonospora
Espécie: H. parasitica
Nome binomial
Hyaloperonospora parasitica
(Pers.) Constant., 2002

Hyaloperonospora parasitica é uma espécie da família Peronosporaceae. É desde há muito considerada a causadora do míldio penugento numa variedade de espécies da família Brassicaceae, como a colza e a couve-flor, nas quais a doença pode provocar danos economicamente importantes, matando as plântulas ou afectando a qualidade de plantas destinadas a congelação.[1] Contudo, pesquisas filogenéticas recentes mostraram que Hyaloperonospora parasitica restringe-se a Capsella bursa-pastoris como hospedeiro vegetal. Na verdade, em regra as espécies de Hyaloperonospora são genetica e biologicamente bastante distantes entre si. Cada espécie de Hyaloperonospora é altamente especializada e parasita apenas alguns poucos hospedeiros, ou até mesmo apenas um.[2] [3] Assim, a antiga Hyaloperonospora parasitica foi dividida num grande número de espécies. Por exemplo, o nome taxonomicamente correcto do parasita do bem conhecido organismo modelo Arabidopsis thaliana é Hyaloperonospora arabidopsidis, e não H. parasitica, enquanto que o patógeno de Brassica chama-se Hyaloperonospora brassicae.[4] [5]

Sinónimos[6] :

  • Botrytis parasitica Pers., 1796
  • ...
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Hyaloperonospora parasitica

Referências

  1. Smith, I.M.; Dunez, J.; Lelliot, R.A.; Phillips, D.H.; Archer, S.A. (1988), European Handbook of Plant Diseases, Blackwell Scientific Publications, ISBN 0-632-01222-6 
  2. Göker, M.; Riethmüller, A.; Voglmayr, H.; Weiß, M.; Oberwinkler, F. (2003), "Taxonomic aspects of Peronosporaceae inferred from Bayesian molecular phylogenetics.", Canadian Journal of Botany 81: 672–683, doi:10.1139/b03-066 
  3. Göker, M.; Voglmayr, H.; Riethmüller, A.; Oberwinkler, F. (2007), "How do obligate parasites evolve? A multi-gene phylogenetic analysis of downy mildews.", Fungal Genetics and Biology 44: 105–122, doi:10.1016/j.fgb.2006.07.005 
  4. Göker, M.; Voglmayr, H.; Riethmüller, A.; Weiß, M.; Oberwinkler, F. (2004), "Phylogeny of Hyaloperonospora based on nuclear ribosomal internal transcribed spacer sequences.", Mycological Progress 3: 83–94, doi:10.1007/s11557-006-0079-7 
  5. Göker, M.; García-Blázquez, G.; Voglmayr, H.; Oberwinkler, F. (2009), "Species delimitation in downy mildews: the case of Hyaloperonospora in the light of nuclear ribosomal internal transcribed spacer and large subunit sequences.", Mycological Research 113: 308–325, 2004, doi:10.1016/j.mycres.2008.11.006 
  6. Species Fungorum - Species synonymy