Hyam Maccoby

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hyam Maccoby

Hyam Maccoby (1924 – 2004) foi um acadêmico e dramaturgo britânico, judeu, especialista no estudo da tradição religiosa judaica e cristã. Seu avô e homônimo foi o rabino Hyam (ou "Chaim") Maccoby (1858 - 1916), melhor conhecido como o "Kamenitzer Maggid", um apaixonado sionista religioso e um defensor do vegetarianismo e dos direitos dos animais.

Maccoby também escreveu sobre o fenômeno do anti-semitismo, antigo e moderno. Ele considerava as tradições evangélicas acusando os judeus pela morte de Jesus e especialmente a lenda de Judas Iscariotes (que ele acreditava ser uma fabricação da igreja gentia paulina) como sendo as raízes do anti-semitismo cristão. Outros tópicos de estudo de Maccoby incluem a tradição talmúdicas e a história da religião judaica.

As teorias de Maccoby sobre o Jesus histórico[editar | editar código-fonte]

Maccoby considerava que o retrato de Jesus apresentado nos evangelhos canônicos e a história da igreja antiga nos Atos dos Apóstolos como sendo fortemente distorcido e cheio de tradições míticas, apesar de afirmar que um retrato bastante acurado do relato da vida de Jesus podia ser inferido dali mesmo assim.

Ele argumentava que o Jesus real não era um rebelde contra a Lei Mosaica e sim um pretendente messiânico cuja vida e os ensinamentos estavam dentro do mainstream do judaísmo do século I d.C. Ele acreditava que Jesus foi executado como um rebelde contra a ocupação romana da Judeia. Porém, ele não chegou a afirmar que Jesus seria o líder de uma verdadeira rebelião armada. Ao invés disso, Jesus e seus seguidores, inspirados pela Bíblia hebraica ou os escritos proféticos do Antigo Testamento, estaria esperando uma intervenção divina sobrenatural que terminaria o jugo romano, restauraria o reino de Deus com Jesus ungido como o monarca divino e inauguraria uma era messiânica de paz e prosperidade para todo o mundo. Estas expectativas não foram realizadas e Jesus foi preso e executado pelos romanos.

De acordo com Maccoby, Barrabás, do aramaico Bar Abba, "Filho do Pai", originalmente se referia ao próprio Jesus, que era chamado assim por seu costume de chamar Deus de Abba (pai) em suas orações.

Muitos do discípulos de Jesus não perderam as esperanças, acreditando que Jesus iria ser prontamente ressuscitado por Deus e continuaram a viver na expectativa da sua segunda vinda. Este grupo continuou a existir em Jerusalém como uma seita judaica estritamente ortodoxa, sob a liderança de Tiago, o Justo.

As teorias de Maccoby sobre Paulo[editar | editar código-fonte]

De acordo com Maccoby, o fundador do cristianismo como uma religião separada do judaísmo foi uma obra inteiramente de Paulo de Tarso[1] . Nisto, o ponto de vista de Maccoby é fortemente baseado no de Heinrich Graetz[2] [3] .

Maccoby alega que Paulo era um judeu helenizado convertido ou até mesmo um gentio, advindo de um contexto exposto à influência do gnosticismo e as religiões de mistério pagãs, como o culto a Attis, um mito envolvendo uma divindade que nasce, morre e renasce. As religiões de mistério, segundo Maccoby, eram as formas religiosas dominantes no mundo helenizado da época e, assim, teriam influenciado fortemente a psicologia mitológica de Paulo.

Maccoby considerava as alegações de Paulo sobre uma educação farisaica ortodoxa como falsas, afirmando que enquanto muitos dos escritos de Paulo soavam autênticos aos iniciados, eles de fato traem uma ignorância das escrituras hebraicas e das sutilezas da Lei judaica.[4] . Maccoby alegava que um exame do Novo Testamento é suficiente para comprovar que Paulo não conhecia nada de hebraico e que ele se baseou inteiramente em textos gregos que nenhum fariseu de verdade jamais usaria por não terem sido apropriadamente traduzidos.

Livros[editar | editar código-fonte]

  • The Day God Laughed: Sayings, Fables and Entertainments of the Jewish Sages (com Wolf Mankowitz, 1973)
  • Revolution in Judea: Jesus and the Jewish Resistance (1973)
  • Judaism on Trial: Jewish-Christian Disputations in the Middle Ages (1981)
  • The Sacred Executioner: Human Sacrifice and the Legacy of Guilt (1983)
  • The Mythmaker: Paul and the Invention of Christianity (1986)
  • Early rabbinic writings (1988)
  • Judaism in the First Century (1989)
  • Paul and Hellenism (1991)
  • Judas Iscariot and the Myth of Jewish Evil (1992)
  • A Pariah People: Anthropology of Anti-Semitism (1996)
  • Ritual and morality: the ritual purity system and its place in Judaism (1999)[5]
  • The Philosophy of the Talmud (2002)
  • Jesus the Pharisee London, SCM, (2003)[6]
  • Maccoby contribuiu com um ensaio em The Jewish World: Revelation, Prophecy, And History editado por Elie Kedourie (2003)
  • Antisemitism and modernity: innovation and continuity (2004)

Referências

  1. Calvin J. Roetzel Paul: the man and the myth 1999 p9 "In 1986 Hyam Maccoby's The Mythmaker - Paul and the Invention of Christianity presents Paul as a Gentile who was frustrated in his attempt to become a Jew. He set out to invent a new religion, and the religion he founded incorporated all of the animus that a rejected Paul felt toward Judaism. From Gnosticism Paul borrowed a world-weariness that promised salvation without requiring him to assume any responsibility for making the world a better place and also a bitter anti-Semitism.... Thus for Maccoby Paul was a tormented, confused, vindictive Gentile who lied about his Pharisaism and left a legacy of anti-Semitism."
  2. Daniel R. Langton The Apostle Paul in the Jewish Imagination p116-118
  3. J. Louis Martyn Theological issues in the letters of Paul Appendix to Chapter 4 A Review of The Mythmaker: Paul and the Invention of Christianity by Hyam Maccoby (New York: Harper & Row, 1986) p72-73
  4. excerpt from Hyam Maccoby The Mythmaker: Paul and the Invention of Christianity entitled "Paul's Bungling Attempt At Sounding Pharisaic" by www.positiveatheism.org website owner.
  5. RBL review by Michael Satlow, published 7/20/2000
  6. RBL review by Michele Murray, 7/10/2004

Ligações externas[editar | editar código-fonte]