Hyde Park

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hyde Park
Coordenadas 51° 30′ N 0° 10′ W
Localização Londres,  Reino Unido
Tipo Parque real
Tamanho 350 acres
Inauguração 1637
Parque Hyde

O parque Hyde é um parque no centro de Londres, na Inglaterra. É famoso pela sua esquina do Orador.

Junto com os jardins Kensington, que ficam adjacentes, forma uma das maiores áreas verdes da cidade, com 2,5 km² de área. Ele é atravessado pelo lago Sinuoso (Serpentine).

O parque Hyde é oficialmente reconhecido como um dos parques reais de Londres.

História[editar | editar código-fonte]

Originalmente, a área onde hoje se encontra o parque era propriedade dos monges da abadia de Westminster. Foi adquirida em 1536 pelo rei inglês Henrique VIII, que, acompanhado de membros da corte, tinha, como hábito, caçar na região. O uso do parque Hyde (nome que vem de hide, uma unidade de medida que compreende em torno de 0,24 a 0,49 km², sendo esse o tamanho original do parque) era restrito à caça até o reinado do rei inglês Jaime I, quando o parque passou a ter acesso limitado. Somente em 1637, sob o reinado do rei inglês Carlos I, o público em geral teve sua entrada permitida.

Em 1665, quando a peste negra dizimava a população londrina, muitos decidiram acampar no parque, na esperança de serem poupados da doença.

No fim do século XVII, o rei inglês Guilherme III transferiu a corte para o palácio de Kensington. Considerando que o caminho até o palácio de São Tiago era demasiado perigoso, em 1690, o rei decidiu instalar trezentas lâmpadas a óleo numa estrada que atravessava o parque Hyde (esta acabou sendo a primeira estrada artificialmente iluminada do país). Essa nova via ficou (e ainda é) conhecida como Rotten Row, que é uma versão inglesa do francês Route de Roi, que significa "Caminho do Rei".

Parque Hyde

Na década de 1730, Carolina de Ansbach, esposa do rei inglês Jorge II, realizou várias mudanças no parque, incluindo a criação do lago Sinuoso.

Com o passar dos anos, o parque Hyde se tornou um lugar para celebrações nacionais. Em 1814, o príncipe-regente (que, mais tarde, seria coroado como Jorge IV) organizou um lançamento de fogos de artifício, comemorando o fim das guerras Napoleônicas. Mais tarde, foi construído, no parque, o palácio de Cristal, palco da Grande Exposição de 1851.

Em 1855, um grupo reformista usou o parque para fazer protestos, o que ocasionou um grande embate com a polícia. Isso durou até 1872, quando o primeiro-ministro passou uma lei permitindo atos públicos numa parte específica do parque, que ficou conhecida como esquina do Orador. Até hoje, essa é uma área onde qualquer pessoa pode, em princípio, protestar sobre qualquer tópico. Uma das maiores manifestações aconteceu em 2003, quando mais de 1 000 000 de pessoas protestaram contra a guerra do Iraque.

Em 20 de julho de 1982, sete cavalos e oito membros da guarda Real que estavam no parque foram mortos num atentado terrorista do grupo IRA.

Atualmente[editar | editar código-fonte]

Hoje em dia, o parque possui uma infraestrutura considerável, com restaurantes, cafés, banheiros públicos, um centro de aprendizado sobre natureza e a vida selvagem, além de outras amenidades como passeios em carruagens, pedalinhos para o uso no lago Sinuoso e o aluguel de cadeiras reclináveis. Há também um clube de tênis e um boliche, sem contar com os cavalos disponíveis para o hipismo. A prática de esportes é muito diversificada, indo de jogos de rúgbi até o lançamento de frisbees.

Live 8 no parque Hyde

O parque também é muito visado para shows de rock. Bandas como Rolling Stones, Bon Jovi, Red Hot Chili Peppers, Queen e Foo Fighters, entre várias outras, já se apresentaram no local. Mais recentemente, em 2005, houve o Live 8, com apresentações de Mariah Carey, Madonna, Robbie Williams, The Killers, Paul McCartney e U2, entre outras. Em julho de 2012, a cantora Madonna realizou no parque uma apresentação de sua turnê MDNA para 54 mil pessoas.

Em 2004, foi inaugurado, no parque, um memorial em homenagem à falecida princesa Diana, que consiste numa fonte de granito num formato oval (ver Fonte Memorial de Diana, Princesa de Gales).

As estações do metrô mais próximas são Hyde Park Corner (a sudoeste do parque), Marble Arch (noroeste) e Lancaster Gate (norte).

Irá abrigar as competições de triatlo e a prova de dez quilômetros de natação dos Jogos Olímpicos de Londres 2012.

Referências[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Hyde Park