Hyperodapedon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaHyperodapedon
Ocorrência: Triássico Superior
O Hyperodapedon, um exemplo de rincossauro que possuía bico.

O Hyperodapedon, um exemplo de rincossauro que possuía bico.
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Sauropsida
Subclasse: Diapsida
Infraclasse: Archosauromorpha
Ordem: Rhynchosauria
Osborn, 1903
Família: Rhynchosauridae
Huxley, 1859
Subfamília: Hyperdapedontinae
Género: Hyperodapedon
Huxley, 1859
Espécies
  • H. fischeri (Woodward, 1907) Langer & Schultz, 2000
  • H. gordoni Huxley, 1859
  • H. huenei Langer & Schultz, 2000
  • H. huxleyi Lydekker, 1881
  • H. mariensis (Tupi Caldas, 1933)
  • H. sanjuanensis (Sill, 1970) Langer & Schultz, 2000
  • H. tikiensis[1]
Sinónimos
  • Paradapedon Huene, 1938
  • Scaphonyx Woodward, 1907

Hyperodapedon é um gênero de Rincossauro (Um Arcossauro Réptil com bico) que viveram a partir do período Triássico. Scaphonyx (Jango Fischer), que se acreditava ser um dinossauro, agora é conhecido como Hyperodapedon, tornando o nome Scaphonyx um sinônimo. O nome Paradapedon foi criado para a espécie indiana H. huxleyi (Lydekker, 1881). Benton, 1983, concluiu que este Rincossauro poderia ser considerado uma espécie de Hyperodapedon.

Hyperodapedon é conhecido por diversas espécies e tem sido encontrada em muitas áreas do mundo, devido ao fato dos continentes estarem unidos no supercontinente Pangaea, durante o Triássico. Fósseis de diversas espécies foram identificadas na América do Sul, Rússia, Europa e Índia. Foi perseguido por muitos predadores como Saurosuchus e Prestosuchus.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Hyperodapedon fischeri (Jango Fischer)
Hyperodapedon huxleyi (=Paradapedon)

Hyperodapedon foi um animal pesadamente, encorpado em torno de 1,3 metros de comprimento. Além do seu bico, que tinha várias fileiras de dentes fortes de cada lado da mandíbula superior, e uma única linha em cada lado da mandíbula inferior, criando uma poderosa ação de cortar quando ele comia. Acredita-se ter sido herbívoros, alimentando-se principalmente de sementes, e desapareceram quando estas plantas foram extintas no final do Triássico [2] .

Cladograma com base em Langer. (2000): [3]

Hyperdapedontinae

"Scaphonyx" sulcognathus


Hyperodapedon

H. huenei




H. mariensis




H. gordoni



H. huxleyi





H. fischeri



H. sanjuanensis






Referências[editar | editar código-fonte]

  1. A new Hyperodapedon (Archosauromorpha, Rhynchosauria) from the Upper Triassic of India: implications for rhynchosaur phylogeny
  2. In: Palmer, D.. The Marshall Illustrated Encyclopedia of Dinosaurs and Prehistoric Animals. London: Marshall Editions, 1999. p. 92. ISBN 1-84028-152-9.
  3. Max C. Langer and Cesar L. Schultz. (2000). "A new species of the Late Triassic rhynchosaur Hyperodapedon from the Santa Maria Formation of south Brazil". Paleontology 43 (6): 633–652.